Contribuição da classificação orientada a objeto em áreas urbanas

Hugo Teruya Junior

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Brasil

Antonio Conceição Paranhos Filho

ORCID iD Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Brasil

Giancarlo Lastoria

ORCID iD Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Brasil

Liliane Candida Correa

Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) Brasil

Alexandre Augusto Moreira Lajo

Instituto Municipal de Tecnologia da Informação (IMTI) de Campo Grande Brasil

Fabrício Bau Dalmas

Universidade Guarulhos (UNG) Brasil

Resumo

Nos últimos anos, a disponibilização de imagens obtidas por meio de sensores embarcados em satélites, com alta resolução espacial e radiométrica, possibilitou ao Sensoriamento Remoto utilizar essas imagens nos estudos urbanos. Como ferramenta para trabalhar com essas imagens, a classificação orientada ao objeto destaca-se pela possibilidade de se utilizar variáveis de forma e arranjo espacial, somando informações da resposta espectral dos objetos. O presente trabalho consistiu na aplicação dessa técnica em uma imagem IKONOS II do Município de Costa Rica-MS. Como resultado, foi gerada a classificação da imagem em três diferentes níveis hierárquicos: do mais geral, separando apenas o que é urbano e não urbano, ao mais específico, distinguindo áreas edificadas e não edificadas.

Palavras-chave


Sensoriamento remoto; Classificação orientada a objeto; Imagem de alta resolução


Texto completo:

Referências


ALMEIDA, A. S.; WERNECK, G. L.; RESENDES, A. P da C. Classificação orientada a objeto de imagens de sensoriamento remoto em estudos epidemiológicos sobre leishmaniose visceral em área urbana. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro – RJ, n. 30, v. 8, p. 1639-1653, ago, 2014.

ALVES, C. D. et al. Análise orientada a objeto no mapeamento de áreas urbanas com imagens Landsat. Boletim de Ciências Geodésicas, Curitiba – PR, v. 15, n. 1, p. 120-141, jan-mar, 2009.

COSTA, S. M. F. da; FREITAS, R. N.; DI MAIO, A. C. O. Estudo de Aspectos do Espaço Intra-Urbano Utilizando Imagens CBERS. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 10., 2004. Anais... Goiânia, 2004.

DEFINIENS IMAGING. Ecognition version 2.0. Munchen, Alemanha. 1 CD-ROM. 2002.

ERDAS. Erdas Imagine version 8.3.1. Erdas Inc. Atlanta – Geórgia. 1 CD-ROM. 1999.

DE PINHO, C. M.; FEITOSA, F. H. J.; KUX. Classificação automática de cobertura do solo urbano em imagem IKONOS: Comparação entre a abordagem pixel-a-pixel e orientada a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 12., 2005. Anais... Goiânia: INPE, 2005.

ESTEVAM, E. A. Classificação de áreas de favelas a partir de imagens ikonos: Viabilidade de uso de uma abordagem orientada a objetos. 2006. 127 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Cartográficas) - Faculdade de Ciências e Tecnologia – UNESP, 2006.

LAJO, A. A. M. Uso da Legenda CORINE para estimar as alterações no escoamento superficial em uma microbacia de drenagem urbana através do método racional de hidrograma unitário de snyder. 72 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologias Ambientais) – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. 2003.

LUZ, T. M.; ARNDT, L. T; OLIVEIRA, F. H. Atualização Cartográfica Cadastral e Tributação. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CADASTRO TÉCNICO MULTIFINALITÁRIO. Anais... Florianópolis. 2006.

MCT/CGE – Ministério da Ciência e Tecnologia/ Centro de Estudos e Gestão Estratégica. Diretrizes Estratégicas para o Fundo de Recursos Hídricos de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Brasília, 2001.

NOVO, E. M. L. de M. Sensoriamento remoto: princípios e aplicações. São Paulo: Edgard Blücher, 1992.

NUNES, J. F.; ROIG, H. L. Análise e mapeamento do uso e ocupação do solo da bacia do alto do descoberto, DF/GO, por meio de classificação automática baseada em regras e lógica nebulosa. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 39, n.1, p. 25-36, 2015.

OLIVEIRA, L G. L. Elaboração e aplicação de modelo digital de elevação: o estudo de caso do parque municipal de Costa Rica, MS. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Ambiental) – UFMS, 2005.

PCI GEOMATICS. Geomatica. Versão 9.1.0 for Windows. Ontário, Canadá. 1 CD-ROM. 2003.

PMCR – Prefeitura Municipal de Costa Rica. Informações Gerais. Disponível em: http://www.costarica.ms.gov.br/?pagina=info.tur.list. Acesso em: 4 abr. 2016.

ROSA, R. Introdução ao sensoriamento remoto. Uberlândia: EDUFU, 2009.

SPACE IMAGING. Imagem IKONOS II, Canais 1, 2, 3, 4 e pan. CD-ROM. 2003.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n32p26-34

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2198

Total de downloads do artigo: 1595