Avaliação de pais de alunos de cursos integrados sobre a necessidade de serem ajudados a gerir o uso das redes sociais dos filhos

Icaro Arcênio de Alencar Rodrigues

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Campina Grande Brasil

Hozana dos Santos Silva

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Campina Grande Brasil

Resumo

As redes sociais digitais são ambientes virtuais que facilitam o processo de comunicação a distância, porém são espaços que podem prejudicar a qualidade de vida do usuário. Desse modo, este artigo apresenta parte dos resultados da pesquisa “A família e a gestão do uso das redes sociais digitais de estudantes de cursos técnicos integrados do Instituto Federal da Paraíba – Campus Campina Grande”, aprovada pelo Programa Interconecta do IFPB. Essa pesquisa caracteriza-se como uma pesquisa de campo, exploratória, qualitativa e quantitativa e de corte transversal, que tem como objetivo investigar se pais/responsáveis precisam de ajuda para gerir o uso das redes sociais dos seus filhos e como o IFPB – Campus Campina Grande poderia ajudar sobre o assunto. A partir dos resultados, identificou-se que a maioria dos pais avaliaram que não precisavam de ajuda para gerir o uso das redes sociais dos filhos, assim como se consideram capazes de buscar ajuda sobre o uso das redes sociais. Os resultados desta pesquisa sugerem que o IFPB – Campus Campina Grande deveria possibilitar formação aos pais/responsáveis sobre o gerenciamento das redes sociais, alertando sobre os perigos impostos e sugerindo meios de prevenção.

Palavras-chave


Gestão; Redes sociais digitais; Estudantes; Pais/responsáveis


Texto completo:

Referências


BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 3. reimp. da 1. ed. de 2016. Lisboa: Edições 70, 2016.

BBC. 30 anos de World Wide Web: as três grandes ameaças ao futuro da internet, segundo criador da rede. BBC News, 12 mar. 2019. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-47536362. Acesso em: 24 jun. 2019.

BRASIL. Resolução 510, de 07 de abril de 2016. Dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais. Diário Oficial da União. Brasília. 24 maio 2016.

BRASIL. Resolução 466, de 12 de dezembro de 2012. Dispõe sobre as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisa envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União. Brasília. 13 jun. 2013.

CARRANO, Paulo Cezar Rodrigues. Redes sociais de internet numa escola de ensino médio: entre aprendizagens mútuas e conhecimentos escolares. Perspectiva, Florianópolis, v. 35, n. 2, p. 395-421, abr./jun. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/2175-795X.2017v35n2p395. Acesso em: 19 jan. 2018.

GRAY, David E. Pesquisa no Mundo Real. Porto Alegre: Penso, 2012.

LIMA, Nádia Laguárdia de. et al. Psicanálise, Educação e Redes Sociais Virtuais: escutando os adolescentes na escola. Estilos da clínica. São Paulo, v. 20, n.3, set./dez., p. 421-440, 2015,. Disponível em: www.periodicos.usp.br/estic/article/download/117763/115409. Acesso em: 18 jan. 2018.

LIPPOLD, Melissa A. et al. Parental Perceived Control and Social Support: Linkages to Change in Parenting Behaviors During Early Adolescence. Family Process Journal. 57:432–447, 2018. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/famp.12283. Acesso em: 27 maio 2019.

LÜCK, Heloísa. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Positivo, 2009.

NEWMAN, Kathy et al. Relações entre modelos de pais e comportamentos de risco na saúde do adolescente: uma revisão integrativa da literatura. Rev. Latino-Am. Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 16, n. 1, p. 142-150, fev. 2008. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692008000100022&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 Set. 2015.

PARRAT-DAYAN, Silva. Como enfrentar a indisciplina na escola. São Paulo: Contexto, 2009.

PRIVACIDADE Hackeada. Dirigido por Jehane Noujaim; Karim Amer. Produção: Geralyn Dreyfous, Judy Korin, Karim Amer, Pedro Kos. Estados Unidos da América: Netflix, 2019 (113 min), online, son., color.

REPUCCI, Sarah. Freedom and the media: a downawrd spiral In: Freedom and the media: a downawrd spiral. Freedom house, 2019. Disponível em:

https://freedomhouse.org/report/freedom-media/freedom-media-2019. Acesso em: 25 nov. 2019.

RICHARDSON, Roberto Jarry et al. Pesquisa Social: métodos e técnicas. 3. ed. 14. reimpr. São Paulo: Atlas, 2012.

ROSENBERG, Hananel; OPHIR, Yaakov; ASTERHAN, Christa S.C. A virtual safe zone: Teachers supporting teenage student resilience through social media in times of war. Teaching and Teacher Education, v.73, p. 35-42, 2018. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0742051X17312453. Acesso em: 29 ago. 2019.

SAMPIERI, Roberto Hernández Sampieri; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, María del Pilar Baptista. Metodologia de Pesquisa. Tradução Daisy Vaz de Moraes. 5. ed. Porto Alegre: Penso, 2013.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23 ed. rev. e atual. São Paulo: Cortez, 2007.

SMOLE, Kátia Cristina Stocco. Múltiplas Inteligências na Prática Escolar. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação a Distância, 1999. 80p.

SPIZZIRI, Rosane Cristina Pereira; WAGNER, Adriana; MOSMANN, Clarisse Pereira; ARMANI, Ananda Borgert. Adolescência conectada: Mapeando o uso da internet em jovens internautas. Psicologia Argumento. v.30, n. 69, p. 327-335, abr./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/psicologiaargumento/article/view/23288. Acesso em: 14 mar. 2019.

UNACHUCKWU, Glad. O.; EMENIKE, Chioma B. Online Social Network Usage and Influence on Academic Achievement on Secondary School Students in Anambra State, Nigeria-Implcations for School Administrators. International Educational Scientific Research Journal. v.2, n. 8, Ahmedabad, Gujarat (India), 2016. Disponível em: https://www.iesrj.com/archive-sub?detail=ONLINE_SOCIAL_NETWORK_USA. Acesso em: 15 fev. 2018.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2020v1n50p139-145

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1139

Total de downloads do artigo: 742