Dimensionamento de vigas protendidas contínuas pelo método das cargas equivalentes

Tamiris Luiza Soares Lanini

ORCID iD Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Brasil

Felipe Nascimento Arroyo

ORCID iD Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Brasil

Roberto Chust Carvalho

ORCID iD Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Brasil

André Luis Christoforo

ORCID iD Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Brasil

Fernando Menezes de Almeida Filho

ORCID iD Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Brasil

Resumo

O concreto protendido objetiva reduzir ou anular os efeitos de tração (fissuração) em um elemento de concreto. Considerando elementos isostáticos, o equacionamento e cálculo considera a adição de um momento fletor oriundo da aplicação do esforço de protensão à uma excentricidade do centro de gravidade da peça. Todavia, em estruturas hiperestáticas, o equacionamento e o cálculo são mais complexos, pois há consideração dos hiperestáticos de protensão oriundos da restrição do deslocamento no apoio. Portanto, é usual a representação pela superposição de efeitos de um sistema isostático protendido sob os efeitos dos esforços hiperestáticos oriundos da protensão. Dentre as metodologias de cálculo existentes, tem-se o método da carga equivalente convencional proposto por Lin (1963). Neste contexto, o presente estudo objetivou apresentar as considerações da literatura referentes ao momento hiperestático de protensão considerando este método, em que foi calculada a armadura de protensão no estado limite último de uma viga protendida contínua proposta por Kuchler (1993). Para tanto, apresenta-se também a determinação das as perdas de protensão imediatas e ao longo da vida útil no cabo equivalente considerado. Ao final, a armadura de protensão obtida se assemelha ao exposto por Kuchler (1993), atestando a veracidade da metodologia empregada.

Palavras-chave


Estrutura hiperestática; Estado Limite Último; Hiperestático de protensão; Perdas de protensão


Texto completo:

Referências


ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6118: Projeto de estruturas de concreto – Procedimento. Rio de Janeiro, 2014.

AL-FAKHER, U. et al. Bending behaviour of precast concrete slab with externally flanged hollow FRP tubes. Engineering Structures, v. 241, p. 112433, 15 ago. 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.engstruct.2021.112433.

CARVALHO, R. C. Estruturas em concreto protendido: pré-tração, pós-tração, cálculo e detalhamento. 2. ed. São Paulo: Pini, 2017.

CHAVES, R. J. S.; CARVALHO, R. C.; SARTORTI, A. L. Momentos hiperstáticos de protensão em lajes lisas protendidas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PONTES E ESTRUTURAS (CBPE), 10., 2018, Rio de Janeiro. Anais...Rio de Janeiro:ABPE, 2018. Disponível em: http://www.abpe.org.br/trabalhos2018/150.pdf.

GUYON, Y. Prestressed Concrete. 1. ed. London: Contractors Record and Municipal Engineering, 1953.

KONG, J. A practical method for the calculation of secondary prestress moments. HKIE Transactions, v. 11, n. 4, p. 49-52, 2013. DOI: https://doi.org/10.1080/1023697X.2004.10667981.

KUCHLER, T. W. Consistent treatment of prestress in the concept of structural concrete. In: INTERNATIONAL ASSOCIATION FOR BRIDGE AND STRUCTURAL ENGINEERING, 1993, New Delhi. Anais... New Delhi, 1993.

LI, Z.- X. et al. Experimental investigation on progressive collapse performance of prestressed precast concrete frames with dry joints. Engineering Structures, v. 246, p. 113071, 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.engstruct.2021.113071.

LIN, T. Y. Load-balancing method for design and analysis of prestressed concrete structures. Journal Proceedings ICA, v. 60, n. 6, p. 719–742, 1963.

O'HEGARTY, R. et al. Development of thin precast concrete sandwich panels: Challenges and outcomes. Construction and Building Materials, v. 267, p. 120981, 18 jan. 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.conbuildmat.2020.120981.

PROTENDE. Protende: sistemas e métodos. Disponível em: https://www.protende.com.br/. Acesso em: set. 2021.

SABA, C. B. Aplicação de linhas de influência para determinação de momentos hiperestáticos de protensão. 2018. Monografia (Bacharelado em Engenharia Civil) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: http://repositorio.poli.ufrj.br/monografias/monopoli10024553.pdf. Acesso em: nov. 2021.

SILVA, T. C.; SÁNCHEZ FILHO, E. S. Analysis of the effect of the secondary moment on curved beams of full cross section. Revista IBRACON de Estruturas e Materiais, v. 14, n. 2, p. 12, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/S1983-41952021000200007.

THOMAZ, E. C. S. Concreto protendido - momento hiperestático de protensão (Notas de aula). [s.l: s.n.]. Disponível em: http://aquarius.ime.eb.br/~webde2/prof/ethomaz/pontes/momento_hiperestatico_protensao.pdf.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id6358

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 176

Total de downloads do artigo: 133