Quanto custa implantar o Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT) em obras de edificações verticais?

Mirela Oliveira Medeiros

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus João Pessoa Brasil

Meryhelen Rosas da Silva

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus João Pessoa Brasil

Gabriella Cavalcante de Souza

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus João Pessoa Brasil

Nelma Mirian Chagas Araújo

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus João Pessoa Brasil

Resumo

A indústria da construção civil destaca-se no cenário nacional pela sua participação no Produto Interno Bruto (PIB), bem como pelo número de trabalhadores que emprega. No entanto, essa indústria também se destaca por possuir um elevado número de acidentes de trabalho. Em 1995, a NR-18 foi revisada e atualizada e, dentre as alterações efetuadas, foi inserida a disposição 18.3 – Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção (PCMAT). A elaboração/implantação desse programa é obrigatória para todos os canteiros de obras com vinte trabalhadores ou mais. O artigo em foco – resultado de uma pesquisa exploratória descritiva, que teve por objetivo quantificar os custos relativos à implantação do PCMAT em obras de edificações verticais com mais de quatro pavimentos na grande João Pessoa – apresenta parte dos resultados da pesquisa. O universo deste estudo foi composto pelas empresas construtoras de edificações verticais cadastradas junto ao Sindicato da Indústria da Construção Civil de João Pessoa (Sinduscon-JP). Já a amostra foi composta por cinco empresas construtoras que aceitaram participar da pesquisa e que possuíam, no momento da sua realização, canteiros de obras na grande João Pessoa. A partir da pesquisa bibliográfica, foi elaborada uma planilha orçamentária, tomando como referencial o trabalho de Araújo (1998), no que diz respeito à planilha orçamentária de custos e as suas respectivas Composições de Preço Unitário. Os resultados revelam que a implantação do programa, atualmente, corresponde a R$ 19,72/m2 (1,79% do custo total da obra), valor próximo ao encontrado por Araújo (1998) e reajustado para setembro/2015 (data-base do orçamento).

Palavras-chave


Construção civil; PCMAT; Custos


Texto completo:

Referências


ARAÚJO, N. M. C. As normas regulamentadoras e os programas de segurança em canteiros de obras de edificações verticais da grande João Pessoa. 1996. 95 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 1996.

ARAÚJO, N. M. C. Custos da implantação do PCMAT (Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção) em obras de edificações verticais – um estudo de caso. 1998. 180 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 1998.

ARAÚJO, N. M. C. Custos da implantação do PCMAT na ponta do lápis. 2. ed. São Paulo: FUNDACENTRO, 2008.

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL E ESTADUAL DA PARAÍBA. Anuário Estatístico da Paraíba - 1999. João Pessoa: IDEME, 1999.

MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO. NR-18 – Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção. Disponível em: e trabalho na indústria da construção. Disponível em: http://portal.mte.gov.br/data/files/FF8080814295F16D0142ED4E86CE4DCB/NR-18%20(atualizada%202013)%20(sem%2024%20meses).pdf. Acesso em: 23 jan. 2015b.

VERGARA, S. C. Projetos e relatórios de pesquisa em administração. 11. ed. São Paulo: Atlas, 2009.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n31p53-59

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2258

Total de downloads do artigo: 2437