Propriedades mecânicas de concretos sustentáveis com incorporação de escória de aciaria BSSF em substituição aos agregados naturais

Fernanda Giannotti da Silva Ferreira

ORCID iD Universidade Federal de São Carlos

Fábio de Morais Cartaxo

ORCID iD Universidade de São Paulo Brasil

Karoline Mariana Gonçalves Freitas

ORCID iD Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo Brasil

Lucas Clementino do Nascimento

ORCID iD Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo

Mário Sérgio Guilge

ORCID iD Cimento Apodi

Cláudia Zanetti

ORCID iD Cimento Apodi

Resumo

Esse trabalho teve como objetivo investigar as propriedades mecânicas de concretos produzidos com a incorporação de agregados de escória de aciaria BSSF (Baosteel Slag Short Flow). O procedimento experimental consistiu na caracterização dos materiais, desenvolvimento dos traços de concreto e os seus respectivos ensaios. Os traços de concreto foram desenvolvidos para classe de agressividade ambiental II, com resistência mínima de 25 MPa aos 28 dias. Como materiais, foram utilizados CP-V ARI, brita granítica, areia quartzosa, escória de aciaria BSSF e aditivo superplastificante. Assim, foram desenvolvidos 5 traços de concreto, com teores de substituição dos agregados naturais pela escória de aciaria BSSF de 0 % (referencia), 20 %, 40 %, 60 % e 80 %, em volume. No estado fresco foram determinadas as propriedades de consistência, massa especifica e teor de ar incorporado. No estado endurecido foram determinadas a resistência à compressão axial (nas idades de 7, 28 e 91 dias) e o módulo de elasticidade estático (nas idades de 28 e 91 dias) dos concretos. Em geral, os concretos com escória de aciaria BSSF apresentaram desempenho mecânico superior ao traço de referência, com exceção do traço de 80 % nas primeiras idades. Ademais, destaca-se o traço com 60 % de escória, tendo alcançado os ganhos mais expressivos nas propriedades mecânicas.

Palavras-chave


Escória de aciaria BSSF; Concreto; Propriedades mecânicas; Substituição de agregados.


Texto completo:

DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id6647

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 69

Total de downloads do artigo: 25