Aplicação do processo de secagem por liofilização em raia (Gymnura altavela)

Janaina de Paula da Costa

ORCID iD Universidade Federal do Ceará (UFC) Brasil

João Hamilton Pinheiro de Souza

Universidade Federal do Ceará (UFC) Brasil

Luis Gomes de Moura Neto

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Brasil

Diego Alves do Vale

ORCID iD Universidade Federal do Ceará (UFC) Brasil

Bartolomeu Warlene Silva de Souza

ORCID iD Universidade Federal do Ceará (UFC) Brasil

José Maria Correia da Costa

ORCID iD Universidade Federal do Ceará (UFC) Brasil

Resumo

O estímulo para o consumo de pescado com base nas vantagens nutricionais, e no efeito de benéfico à saúde é limitado pela dificuldade em se encontrar no mercado pescado com qualidade e de rápida manipulação/preparo. O objetivo deste trabalho foi aplicar a liofilização no beneficiamento da carne de raia. O estudo foi realizado em duas etapas: em função do tempo de congelamento e tempo de liofilização, definindo a condição ótima do processo para obtenção de raia liofilizada. Os resultados obtidos mostraram a variação do tempo de congelamento não teve grande importância nas variáveis respostas (umidade, atividade de água e rendimento). O planejamento com a variação do tempo de liofilização teve efeito significativo nas caraterísticas do produto. Um tempo de congelamento de 2 horas conferiu a amostra o congelamento necessário para o processo de liofilização e com 16 horas de secagem mais de 95% da umidade da amostra foi retirada, indicando que esse período é suficiente para que o produto atinja uma umidade e atividade de água necessária à sua estabilidade, segurança microbiológica e vida comercial prolongada.

Palavras-chave


Tempo de congelamento; Tempo de secagem; Umidade; Atividade de água


Texto completo:

Referências


ACKMAN, R. G. Nutritional composition of fats in sea food. Progress in Food and Nutrition Science, v. 13, n. 3-4, p. 161-241, 1989. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/2699043. Acesso em: nov. 2021.

AOAC – ASSOCIATION OF OFFICIAL ANALYTICAL CHEMISTS. Official methods of analysis. 18. ed. Washington: AOAC International, 2005.

BORGOGNONI, C. F. Otimização da liofilização do pericárdio bovino com o auxílio de ferramentas matemáticas. 2009. 99 p. Tese (Doutorado em Ciências Farmacêuticas) - Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9135/tde-25032010-162949/pt-br.php. Acesso em: nov. 2021.

BRASIL. Decreto nº 9.013, de 29 de março de 2017. Aprova o novo Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal - RIISPOA. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Rio de Janeiro, 2017. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/d9013.htm. Acesso em: 02 de novembro de 2021.

CAI, Y. Z.; CORKE, H. Production and properties of spray-dried Amaranthus betacyanin pigments. Journal of Food Science, Chicago, v. 65, n. 7, p. 1248-1252, 2000. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1365-2621.2000.tb10273.x. Disponível em: https://ift.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1365-2621.2000.tb10273.x. Acesso em: nov. 2021.

CASARIN, F.; MENDES, C. E.; LOPES, T. J.; MOURA, N. F. Planejamento experimental do processo de secagem da amora-preta (Rubus sp.) para a produção de farinha enriquecida com compostos bioativos. Brazilian Journal of Food Technology, v. 19, e2016025, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-6723.2516. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bjft/a/gfnGKyXpySjJn7NHHqYrLMx/. Acesso em: nov. 2021.

CAVALCANTE, C. E. B.; RODRIGUES, S.; AFONSO, M. R. A.; COSTA, J. M. C. Avaliação dos parâmetros de secagem da polpa de graviola em pó obtida por secagem em spray dryer. Brazilian Journal of Food Technology, v. 20, e2016015, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-6723.1516. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bjft/a/7PQgGN984GVKMr7NX5KcpPv. Acesso em: nov. 2021.

CONTRERAS-GUZMÁN, E. S. Bioquímica de pescado e derivados. Jaboticabal: FUNEP, 1994. 409 p.

FIB – FOOD INGREDIENTS BRASIL. Desidratação: a desidratação na conservação dos alimentos. Revista-fi, n. 38, 2016. Disponível em http://revista-fi.com.br/upload arquivos/201607/2016070041261001469734800.pdf. Acesso em: fev. 2020.

GALVÃO, J. A.; OETTTERER, M. Qualidade e processamento de pescado. 1. Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014. 237 p.

GONÇALVES, A. A. Aspectos gerais do pescado. In: GONÇALVES, A. A. Tecnologia do pescado: ciência, tecnologia, inovação e legislação. São Paulo: Editora Atheneu, 2011.

GONÇALVES, A. A. Ocorrência de off-flavor em pescado: um problema a ser resolvido em peixes marinho. Revista Aquicultura e Pesca, v. 18, n. 1, 2006.

GRAÇA, C. S.; BARBOSA, J. B.; SOUZA, M. Z.; MOREIRA, A. S.; LUVIELMO, M.; MELLADO, M. M. S. Adição de colágeno em pão sem glúten elaborado com farinha de arroz. Brazilian Journal of Food Technology, v. 20, e2016105, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-6723.10516. Disponível em: https://www.scielo.br/j/bjft/a/Y6sjQsLTcvP37MYd4ZmNX4z/. Acesso: nov. 2021.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz: métodos químicos e físicos para análise de alimentos. 4 ed. São Paulo, v. 1, 2008.

KIRCHHEIM, P. D.; SANCHES, E. A.; NEUMANN, G.; TESSARO, L.; ADAMES, M. S.; BOMBARDELLI, R. A. Relações morfométricas, rendimento e composição centesimal de cortes da carne de arraias capturadas no reservatório de Itaipu. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 16, n. 1, p. 35-40, 2013. Disponível em: https://revistas.unipar.br/index.php/veterinaria/article/view/4481. Acesso em: nov. 2021.

MALLE, P.; TAO, S. H. Rapid quantitative-determination of trimethylamine using steam distillation. Journal of Food Protection, v. 50, n. 9, p. 756-760, 1987. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30978808/. Acesso em: nov. 2021.

MARQUES, E. C.; COSTA, S. R. R. Estudo da liofilização pela engenharia de produto no processamento industrial de alimentos. Acta Tecnológica, v. 10, n. 1, p. 44-52, 2015. DOI: https://doi.org/10.35818/acta.v10i1.173.

MEZA, B. E.; VERDINI, R. A.; RUBIOLO, A. C. Effect of freezing on the viscoelastic behaviour during the ripening of a comercial low-fat soft cheese. International Dairy Journal, v. 21, n. 5, p. 346-351, 2011. DOI: https://doi.org/10.1016/j.idairyj.2010.12.003. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0958694610002645. Acesso em: nov. 2021.

OCAÑO-HIGUERA, V. M.; MAEDA-MARTÍNEZ, A. N.; MARQUEZ-RÍOS, E.; CANIZALES-RODRÍGUEZ, D. F.; CASTILLO-YÁÑEZ, F. J.; RUÍZ-BUSTOS, E.; GRACIANO-VERDUGO, A. Z.; PLASCENCIA-JATOMEA, M. Freshness assessment of ray fish stored in ice by biochemical, Chemical and physical methods. Food Chemistry, v. 125, n. 1, p. 49-54, 2011. DOI: https://doi.org/10.1016/j.foodchem.2010.08.034. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0308814610010228. Acesso em: nov. 2021.

OGAWA, M.; MAIA, E. L. Manual da pesca: ciência e tecnologia do pescado – Vol. I. São Paulo: Varela; 1999. 430 p.

ROCHA, M. M. R. M. Liofilização como método de agregar valor ao camarão marinho litopenaeus vannamei. 2010. 185 f. Tese (Doutorado em Química e Bioquíma de Alimentos) – Universidade Federal da Paraí¬ba, João Pessoa, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4092. Acesso em: nov. 2021.

RODRIGUES, B. L. et al. Qualidade físico-química do pescado utilizado na elaboração de sushis e sashimis de atum e salmão comercializados no município do Rio de Janeiro, Brasil. Semina: Ciências Agrárias, v. 33, n. 5, p. 1847-1854, 2012. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/4457/445744115019.pdf. Acesso: nov. 2021.

RUSTAD, T. Peptides and proteins. In: NOLLET, L. M. L.; TOLDRÁ, F (Eds). Handbook of seafood and seafood produts analysis. Boca Raton: CRC Press, 2010.

SILVA, N.; JUNQUEIRA, V. C. A.; SILVEIRA, N. F. A.; TANIWAKI, M. H.; GOMES, R. A. R.; OKAZAKI, M. M. Manual de métodos de análise microbiológica de alimentos. São Paulo: Varela, 1997.

SOUSA, K. S. M.; FIGUEIRÊDO, R. M. F.; QUEIROZ, A. J. M.; FERNANDES, T. K. S. Produção e caracterização da polpa de atemoia em pó. Revista Brasileira de Fruticultura, v. 37, n. 3, p. 718-728, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/0100-2945-135/14. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbf/a/kVFFjSSVKx8dkjpP89BJn7K/. Acesso em: nov. 2021.

TERRONI, H. C.; JESUS. J. M.; ARTUZO. L. T.; VENTURA. L. V.; SANTOS, R. F.; DAMY-BENEDETTI, P. C. Liofilização. Revista Científica UNILAGO – União das Faculdades dos Grandes Lagos, v. 1, n. 1, p. 271-284, 2013. Disponível em http://www.unilago.edu.br/revista/edicaoanterior/Sumario/2013/downloads/2013/LIOFILIZA%C3%87%C3%83O.pdf. Acesso em: fev. 2020.

TURCHINI, G. M.; TORSTENSEN, B. E.; NG, W.- K. Fish oil replacement in finfish nutrition. Reviews in Aquaculture, v. 1, n. 1, p. 10-57, 2009. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1753-5131.2008.01001.x.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id6352

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 232

Total de downloads do artigo: 141