Monitoramento da qualidade físico-química da água do estuário do Rio Paraíba – Cabedelo, PB

Liz Jully Hiluey Correia

IFPB

Ane Josana Dantas Fernandes

IFPB

Maria Mônica Lacerda Martins Lúcio

IFPB

Jane Kelly de Oliveira Tomaz

IFPB

Myrlla Barbosa Honorato

IFPB

Edson do Nascimento Carneiro

IFPB

Resumo

Este trabalho teve como objetivo realizar o monitoramento da qualidade da água do estuário do Rio Paraíba, a fim de subsidiar ações de proteção e/ou recuperação do ambiente aquático, além de sinalizar o potencial risco de contaminação dos mariscos. O estudo foi desenvolvido em área de extração de mariscos, localizada no Rio Paraíba, em Cabedelo-PB. As amostras foram coletadas em triplicata, em seis pontos, entre os meses de maio e agosto de 2014. Os parâmetros (temperatura, turbidez, pH, condutividade elétrica, oxigênio dissolvido (OD), amônia, nitrito e fosfato) foram avaliados seguindo a metodologia do APHA (1998). Os resultados ratificam a existência de atividades causadoras da elevada concentração do teor de amônia e do baixo nível de OD no ambiente aquático. A dinâmica da maré e as condições físicas do ambiente aceleraram a reação de nitrificação. As concentrações de fosfato e nitrito estiveram dentro do limite máximo estabelecido na resolução n° 357/05 do CONAMA. Tendo em vista a potencialização dos riscos de contaminação dos mariscos devido à poluição hídrica, faz-se necessária uma intervenção dos órgãos fiscalizadores quanto ao lançamento direto de resíduos sólidos e líquidos no estuário, de forma a garantir a integridade do ambiente aquático e a saúde dos consumidores.

Palavras-chave


Ambiente aquático. Poluição hídrica. Contaminação de mariscos


Texto completo:

DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n27p47-54

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1816

Total de downloads do artigo: 1590