Caracterização do solo em comunidades agrícolas no Município de Sousa para fins de produtividade

Maíre Gomes de Meneses

IFPB/Campus Sousa Brasil

Denis Patricio Vidal

IFPB/Campus Sousa Brasil

Hiago Aristides da Silva

IFPB/Campus Sousa Brasil

Luís Carlos dos Santos

IFPB/Campus Sousa Brasil

Alexsandra Cristina Chaves

IFPB/ Campus Sousa Brasil

Gelmires de Araújo Neves

UFCG/Campus Campina Grande Brasil

Adriano Lima da Silva

UFCG/ Campus Campina Grande Brasil

Resumo

The present work had the objective of performing a physical-chemical and mineralogical characterization of soils collected from three agricultural settlements located in the region of Sousa / PB in order to identify problems for planting and inadequate management in these areas. All the analysis were performed according to Teixeira et al. (2017), except the electrical conductivity analysis, which followed the methodology of Tedesco et al. (1995). Results showed that average and high values of Calcium, Potassium, Magnesium, Sodium and Phosphorus were compared to the literature, which does not characterize a nutrient deficiency of these soils. It was also observed that most of the analyzed soils present an average alkalinity and that all have sodium traces. X-ray diffraction analysis indicated that all soils are composed of quartz, feldspar, mica, smectite and albite.

Palavras-chave


Characterization. Soils. Agricultural settlements


Texto completo:

Referências


ALVES, Helionora da Silva; AZEVEDO, Rodrigo Aleixo Brito de. Caracterização do manejo utilizado na classificação de solos por agricultores da região da Morraria – Cáceres/MT. Revista de Biologia e Ciências da Terra, Cáceres, v. 11, n. 2, p.15-22, 2011.

ARACAJU. Lafayette Franco Sobral. Embrapa. Guia prático de Interpretação de análises. 21. ed. Aracajú: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2015. 15 p.

ANDREOLI, Cleverson V.; ANDREOLI, Fabiana de Nadai; JUSTI JUNIOR, Jorge. Formação e características dos solos para entendimento de sua importância agrícola e ambiental. Complexidade: redes e conexões do ser sustentável. 1ed. Curitiba: SENAR/PR. p. 511-529,2013.

BATISTA C. M. (2006) Sumário Mineral Brasileiro 2006 - Mica. DNPM/MME. p80-81.

BRADY, N.C. Natureza e propriedades dos solos. 7. ed. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1989. 898 p.

BRASIL. Ministério das Minas e Enérgia. DNPH. Projeto RADAMBRASIL: folha SB.24/25 Jaguaribe/Natal; geologia, geomorfologia, pedologia, vegetação e uso potencial da terra. Rio de Janeiro, 1981. 740p

CHAVES, Lúcia Helena Garófalo et al. Avaliação da fertilidade dos solos das várzeas do município de Sousa – PB. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 2, n. 3, p.262-267, 1998.

CORDEIRO, Gilberto G.. II Curso sobre manejo de solo e água em propriedades agrícolas do tópico semi-árido: Salinidade e sodicidade dos solos agrícolas. Petrolina, 1983.

CORRÊA, Marcelo Metri.KER, José Carlos. MENDONÇA, Eduardo de Sá. RUIZ, Hugo Alberto. BASTOS, Renato Saldanha. Atributos físicos, químicos e mineralógicos de solos da região das várzeas de Sousa - PB. Bras. Ci. Solo, Sousa, v. 27, p.311-324, 2003.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. (Rio de janeiro, RJ) Manual de métodos de análises de solos. Brasília. Embrapa, 2017.

FERREIRA, Mozart Martins (Ed.). Caracterização física do solo. In: FERREIRA, Mozart Martins et al. Física do Solo.Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2016. Cap. 1. p. 1-24.

IBGE. 2016. Disponível em: . Acesso em: 17 de fevereiro de 2017.

KIEHL, E.J. Manual de edafologia: Relações Solo – Planta. São Paulo: Agronômica Ceres, 1979. 262 p.

LIMA, F. V. O projeto de irrigação Várzeas de Sousa - ações e contradições do novo modelo agrícola de sertão da Paraíba. 2012. 197 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.

MELLO, F.A.F.; BRASIL SOBRINHO, M.O.C.; ARZOLLA, S..; SILVEIRA, R.I.; COBRA NETTO, A.; KIEHL, J.C. Fertilidade do solo. São Paulo: Nobel, 1983.400p

M. T. Souza, F. R. Cesconeto, S. Arcaro, F. Raupp-Pereira, A. P. Novaes de Oliveira Caracterização de areias de quartzo do estado de Mato Grosso do Sul para aplicações industriais. Cerâmica 60 (2014) 569-574

PIVAS: Incra – PB cria dois assentamentos no perímetro irrigado das Várzeas de Sousa. Disponível em: Acesso em: 26 de fevereiro de 2018.

RODRIGUES, Rui Martinho. Pesquisa acadêmica: como facilitar o processo de preparação de suas etapas. – São Paulo: Atlas, 2007.

SILVA, Ademar Barros da et al. Identificação e caracterização dos principais solos do município de Coruripe, Alagoas. Solos, Coruripe, v. 17, n. -, p.59-66, dez. 2012.

SILVA NETO, Manoel Faustino da. A problemática da salinização do solo no Perímetro Irrigado de São Gonçalo – PB. 2013. 139 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Geografia, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2013.

SANTOS, Jeovana Jisla das Neves et al. Interrelações entre matéria orgânica, pH, Teor de água em solo de cobertura de aterro experimental. In: CONGRESSO TÉCNICO CIENTÍFICO DA ENGENHARIA E DA AGRONOMIA, 2., 2015, Fortaleza. Anais... . Fortaleza: Soea, 2015. p. 1 – 4.

SUERTEGARAY, D. M. A. Espaço Geográfico uno e múltiplo. Suertegaray, D. M. A.; BASSO, L. A.; VERDUM, R. (Orgs.) Ambiente e Lugar no Urbano: a Grande Porto Alegre. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 2000.

TEDESCO, Marino José et al. Análise de solo, plantas e outros materiais. Porto Alegre: Departamento de solos, 1995.

TROEH, Frederick R.; THOMPSON, Louis M.. Solos e Fertilidade do Solo. São Paulo: Andrei, 2007. 718 p. Tradução de: Durval Dourado Neto e Manuella Nóbrega Dourado

ZANETTI, Estela Guisi Bagio. Conhecimento tradicional de agricultores acerca da qualidade de solos em Quissamã. 2015. 56 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Ambiental, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, Macaé, 2015.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n48p112-118

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 592

Total de downloads do artigo: 297