Aplicabilidade dos softwares Artemis Views e Net Project na melhoria do processo de execução de obras públicas

Luana Maris Pedrosa Cruz Ercan

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil

Wesley Silva de Oliveira

ORCID iD Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil

Laura Fernanda de Oliveira Silva Condé

Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil

Danielle Meireles de Oliveira

ORCID iD Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil

Cynara Fiedler Bremer

ORCID iD Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil

Maria Carmen Couto Ribeiro

ORCID iD Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) Brasil

Resumo

Este trabalho tem como objetivo avaliar a aplicabilidade dos softwares de gerenciamento Artemis Views e Net Project no planejamento e no controle de obras públicas. Nesse sentido, a perspectiva priorizada centra-se na importância da compatibilidade dessas ferramentas com o projeto a ser executado, a fim de minimizar riscos e otimizar o processo da construção, atentando à Lei de Licitações 8.666:1993. Para tanto, procedeu-se a uma pesquisa sobre os requisitos necessários para o planejamento e o controle de obras públicas, segundo as diretrizes estabelecidas pela Norma de Desempenho ABNT NBR 15.575:2021. Ademais, este estudo foi realizado com base na análise da aplicação de ações preventivas e corretivas fornecidas pelos softwares de gerenciamento Artemis Views e Net Project, visando atender às diretrizes legais estabelecidas pela Lei de Licitações 8.666:1993. Os resultados obtidos demonstram viabilidade na adoção de softwares com o objetivo de diminuir perdas de materiais e aumentar o rendimento na utilização de recursos públicos. A análise fornece, ainda, evidências de que uma efetiva integração de projetos, recursos e processos de planejamento amplia o desempenho e a eficiência no emprego de materiais, promovendo a sustentabilidade em obras públicas.

Palavras-chave


Compatibilização; Controle de obras; Desempenho; Lei de Licitações; Planejamento


Texto completo:

Referências


AGUIAR, S. Integração das ferramentas da qualidade ao PDCA e ao programa seis sigma. Nova Lima: INDG, 2006.

ASBEA – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA. Guia para arquitetos na aplicação da Norma de Desempenho ABNT NBR 15.575. São Paulo: ASBEA, 201?. Disponível em: http://www.asbea.org.br/userfiles/manuais/d4067859bc53891dfce5e6b282485fb4.pdf. Acesso em: nov. 2021.

ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15.575:2013 Edificações habitacionais – Elaboração. Rio de Janeiro: ABNT, 2013.

BESNER, C.; HOBBS, B. Contextualization of project management: practices and best practices. Project Management Institute, 2012.

BRASIL. Lei nº 8.666 de 21 de Junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Presidência da República. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm. Acesso em: out. 2021.

CBIC – CÂMARA BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO. Desempenho de edificações habitacionais: guia orientativo para atendimento à norma ABNT NBR 15.575:2021. Brasília, 2013. 300 f.

CAMPOS, V. F. Gerenciamento pelas diretrizes. 4. ed. Belo Horizonte: Editora de Desenvolvimento Gerencial, 2004.

CEXOBRAS. COMISSÃO EXTERNA OBRAS DO GOVERNO FEDERAL. 2016. Acesso em: 28 mar. 2017.

COOPER, R. G.; EDGETT, S. J.; KLEINSCHMIDT, E. J. New product portfolio management: practices and performance. Journal of Product Innovation Management, v. 16, n. 4, p. 333-351, 1999. DOI: https://doi.org/10.1016/S0737-6782(99)00005-3.

FABRÍCIO, M. M. O projeto simultâneo na construção de edifícios. 2002. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) – Departamento de Engenharia de Construção Civil, Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

FORMOSO, C. T.; JOBIM, M; COSTA, A. L; ROSA, F. P. Perdas de materiais na construção de edificações: estudo em canteiros de obras no Estado do Rio Grande do Sul. In: CONGRESSO LATINO AMERICANO – TECNOLOGIA E GESTÃO NA PRODUÇÃO DE EDIFÍCIOS: SOLUÇÕES PARA O TERCEIRO MILÊNIO, 1998, São Paulo. Anais... São Paulo, 1998.

FREITAS, M. R. Ferramenta computacional para apoio ao planejamento e elaboração do leiaute de canteiro de obras. 2008. Tese (Doutorado em Engenharia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3146/tde-19052009-121049/pt-br.php.

GASPARINI, D. Direito administrativo. São Paulo: Saraiva, 2012.

HAGAN, S. R.; HO, P.; MATTA, C. BIM: the GSA story. Journal of Building Information Modeling, p. 28-29, 2009. Disponível em: https://www.brikbase.org/sites/default/files/Pages%20from%20jbim_spring09-5.hagan_.pdf. Acesso em: nov. 2021.

KERZNER, H. Gestão de projetos: as melhores práticas. Porto Alegre: Bookman, 2010.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MOEN, R.; NORMAN, C. Evolution of the PDSA cycle. 2007. Disponível em https://rauterberg.employee.id.tue.nl/lecturenotes/DG000%20DRP-R/references/Moen-Norman-2009.pdf. Acesso em: jun. 2016.

MOREIRA, M.; BERNARDES, S. Planejamento e controle da produção em Empresas de construção. Rio de Janeiro: LTC, 2003.

MOTTA, C. P. C. Eficácia nas licitações e contratos. 9. ed. Belo Horizonte: Del Rey, 2002.

NEELY, A. Measuring business performance. London: The Economist Newspaper and Profile Books, 1998.

NOGUEIRA, C. L. Auditoria de qualidade de obras públicas. São Paulo: PINI, 2008.

OLIVEIRA, A. F. Gestão de projetos estratégicos: um estudo de caso. 2007. Dissertação (Mestrado em Engenharia) – Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

PMI – PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE. Um guia do conhecimento em Gerenciamento de projetos. Guia PMBOK®. Quarta Edição – EUA, 2008.

ROCHA, D. B. Gestão do conhecimento em projetos: um estudo de caso sobre o registro de lições aprendidas como diferencial estratégico em uma empresa do setor de energia elétrica. 2018. 162 f. Dissertação (Mestrado em Gestão e Organização do Conhecimento) – Escola de Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/1843/ECIP-AZQHVH. Acesso em: nov. 2021.

RUA, M. G. Políticas públicas. Florianópolis, UAB, 2009.

SEBRAE. Manual de ferramentas da qualidade. São Paulo: SEBRAE, 2010.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id6168

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 186

Total de downloads do artigo: 85