Estratégias de marketing digital em empresa do segmento gamer brasileiro: o caso Hoplon

Alef Muller Silva de Souza

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Norte (IFRN) Brasil

Lúcia de Fátima Lúcio Gomes da Costa

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Norte (IFRN) Brasil

Resumo

A finalidade do presente estudo foi analisar as estratégias de marketing digital utilizadas pela empresa desenvolvedora de jogos Hoplon Infortaiment, atuante no segmento gamer brasileiro e no mercado global. Para isso, foi necessário verificar as estratégias de marketing digital da empresa decorrentes de páginas digitais, tecnologias mobile, redes sociais, plataformas de busca, presença digital, e-mail marketing, mobile marketing, social media marketing e social media optimization, search engine marketing e search engine optimization, além do benchmarking como ferramenta de gestão para melhoria de estratégias de marketing digital. Realizou-se um estudo de caso, de base qualitativa exploratória, visando esclarecer o processo de estratégias de marketing digital que ocorrem na empresa. Com base nos dados levantados através de entrevista semiestruturada, verificou-se a importância do marketing digital para as ações da empresa, como forma de entregar valor agregado aos seus usuários. Como resultado, ao utilizar-se da internet como ferramenta de marketing para atingir o público alvo, a empresa mostrou-se eficaz ao adaptar seus conteúdos às características específicas do segmento, firmando o enfoque no uso de plataformas online, páginas digitais e mídias sociais, para aumentar o alcance de publicidade a nível global e atingir a satisfação e manutenção de seus clientes.

Palavras-chave


Internet; Marketing digital; Estratégias; Segmento gamer; Publicidade


Texto completo:

Referências


AMERICAN MARKETING ASSOCIATION. About AMA: definition of marketing. Estados Unidos da América, 2013. Disponível em: https://www.ama.org/aboutama/pages/definition-of-marketing.aspx. Acesso em: 20 de mar 2018.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1995.

BEALES, Howard. The value of behavioral targeting. Washington: Network Advertising Initiative, 2010. v. 1.

BORGES, Clara. Tudo o que você precisa saber sobre email marketing em um só lugar, 2016. Disponível em: https://marketingdeconteudo.com/tudo-sobre-email-marketing//. Acesso em: 17 mar. 2018.

CAMP, Robert. Benchmarking: O caminho da qualidade total. São Paulo: Pioneira, 1993.

CRESCITELLI, Edson. Marketing de relacionamento: um estudo sobre as relações entre vendedores varejistas e fabricantes de eletrodomésticos. 2003. Tese (Doutorado em Administração) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis /12/12139/tde-27042009-175454. Acesso em: 17 de mar. 2018.

CROCCO, Luciano et. al. Marketing: perspectivas e tendências. São Paulo: Saraiva, 2006.

CYCLADES BRASIL. Guia internet de conectividade. 13. ed. São Paulo: Ed. Senac São Paulo, 2008.

GABRIEL, Martha. Marketing na era digital: conceitos, plataformas e estratégias. São Paulo: Novatec, 2010.

HEAVY METAL MACHINES. In: Hoplon Infotaiment, c2016. Disponivel em: http://heavymetalmachines.com. Acesso em: 13 mar. 2018.

KOTLER, Philip. O marketing sem segredos: Philip Kotler responde as dúvidas. Tradução de Bazan Tecnologia e Linguística. Porto Alegre: Bookman, 2005.

KOTLER, Philip; KELLER, Kevin Lane. Administração de marketing. Tradução de Sônia Midori Yamamoto. 14. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

KOTLER Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SATIAWAN, Iwan. Marketing 3.0: as forças que estão definindo o novo marketing centrado no ser humano. Tradução de Ana Beatriz Rodrigues. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia científica. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2004.

MAXIMIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria geral da administração: da revolução urbana a revolução digital. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2012.

MESQUITA, Renato. O que é SEO: o guia completo para você entender o conceito e executar sua estratégia, 2015. Disponível em: https://marketingdeconteudo.com/o-que-e-seo/. Acesso em: 17 mar. 2018.

MOBILE MARKETING ASSOCIATION. MMA updates definition of mobile marketing. Estados Unidos da América, 2009. Disponível em: http://www.mmaglobal.com/news/mma-updates-definition-mobile-marketing. Acesso em: 17 de mar. 2018.

RECUERO, Raquel. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Ed Meridional, 2009. Disponível em: http://www.ichca.ufal.br/graduacao/biblioteconomia/v1/wp-content/uploads/redessociaisnainternetrecuero.pdf. Acesso em: 16 mar. 2018.

ROCK CONTENT. O que é Mobile Marketing e como utilizá-lo na sua estratégia, 2016. Disponível em: https://marketingdeconteudo.com/mobile-marketing/. Acesso em: 17 mar. 2018

ROMANO, Fernanda Martins et al. O impacto das mídias sociais digitais na comunicação organizacional das empresas. Future Studies Research Jornal, São Paulo, v. 6, n. 1 p. 53-82, jan. 2014. Disponível em: http://www.spell.org.br/documentos/ver/31545. Acesso em: 16 mar. 2018.

RYAN, Damian. Understanding digital marketing: marketing strategies for engaging the digital generation. Estados Unidos da América: Kogan Page Publishers, 2014.

SPENDOLINI, Michael J. Benchmarking. Sao Paulo: Makron Books, 1993.

TOLEDO, G. L; NAKAGAWA, M. H; YAMASHITA, S. S. O composto de marketing no contexto estratégico da Internet. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 1, n. 1, 33-78, 2002. Disponível em: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/RAM/article/view/18/18. Acesso em: 20 mar. 2018.

TORRES, Claudio. A bíblia do marketing digital: tudo o que você queria saber sobre marketing e publicidade na internet e não tinha a quem perguntar. São Paulo: Novatec, 2009.

VAZ, Conrado Adolpho. Os 8ps do marketing digital: o seu guia estratégico de marketing digital. São Paulo: Novatec, 2011.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n41p52-66

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2670

Total de downloads do artigo: 2385