Conhecendo alguns termos técnicos em inglês usados no curso de Edificações

Cláudia Regina Ponciano Fernandes

ORCID iD http://orcid.org/0000-0002-2083-696X IFPB Brasil

Adriana Correia de Morais

IFPB Campus Cajazeiras Brasil

Daniel Oliveira de Lima

IFPB campus Cajazeitas

Plycia Farias Ramalho

IFPB campus Cajazeiras Brasil

Ruan Ramalho de França

IFPB campus Cajazeiras Brasil

Resumo

Este artigo apresenta uma visão geral sobre os resultados de uma pesquisa voltada para termos técnicos em inglês, utilizados no curso Técnico em Edificações. O objetivo principal deste trabalho é proporcionar aos discentes de Língua Inglesa uma definição simples e breve de termos técnicos em Inglês que são frequentemente usados no curso. Os dados foram obtidos por meio de anotações pessoais e de material impresso dos discentes. Os procedimentos utilizados foram: identificação dos termos técnicos, sua organização em ordem alfabética e escrita de seus significados correspondentes em uma lista de termos que foi digitada e salva no Microsoft Word. Os pressupostos teóricos estão ancorados em conceitos de Lexicografia e Terminografia segundo Welker (2004) e Bevilacqua e Finatto (2006) como também em Lexicologia e Terminologia na perspectiva de Krieger (2006, 2011). Como resultado, produziu-se um glossário com 422 termos que podem ser acessados por um link do programa 4shared. O glossário também apresenta termos relacionados aos programas AutoCAD e Sketchup. Ele pode ser usado como uma ferramenta para ampliar o vocabulário técnico do discente e preencher pequenas lacunas em termos de material específico em Inglês, especialmente para os discentes que acabam de ingressar no curso Técnico em Edificações dos Institutos Federais. Esta pesquisa mostra uma maneira significativa de promover a aprendizagem do Inglês no ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio, para além das aulas tradicionais

Palavras-chave


Glossário. Termos técnicos. Edificações


Texto completo:

Referências


BAGNO, M. Preconceito Linguístico: o que é, como se faz. São Paulo: Edições Loyola, 1999

BARBOSA, M. A. Contribuição ao Estudo de Aspectos da Tipologia de Obras Lexicográficas. Ciência da Informação, v. 24, n. 3, p. 1-9, 1995. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2015.

________________. Dicionário, vocabulário, glossário: concepções. In: ALVES, I. M. (Org.). A constituição da normalização terminológica no Brasil. 2 ed. São Paulo: FFLCH/CITRAT, 2001. Disponível em:. Acesso em: 11 abr. 2016.

BEVILACQUA, C. R.; FINATTO, M. J. Lexicografia e Terminografia: alguns contrapontos fundamentais. Alfa (ILCSE/UNESP), v. 50, p. 41-52, 2006. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2015.

KRIEGER, M. G. Do ensino de terminologia para tradutores: diretrizes básicas. Cadernos de Tradução (UFSC), v. 17, p. 189-206, 2006. Disponível em:

. Acesso em: 11 abr. 2016.

______________. Terminologia: uma entrevista com Maria da Graça Krieger. ReVEL, v. 9, n. 17, 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2016.

VAZQUEZ, I. O papel do dicionário no ensino e aprendizagem das línguas. In: 1º Encontro Internacional do Ensino da Língua Portuguesa, Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Coimbra (Portugal). 2010. Disponível em: . Acesso em: 11 mar.2016.

WELKER, H. A. Dicionários - Uma pequena introdução à lexicografia. Brasília: Thesaurus, v. 1. p. 11-33, 2004.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n36p91-98

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1497

Total de downloads do artigo: 8673