Relação do gênero Polypedilum (KIEFFER, 1921) (Chironomidae, Diptera) com a variação do gradiente ambiental em ecossistemas aquáticos: uma revisão bibliográfica

Antonio Joaquim Batista Neto

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Igor Barbosa Oliveira

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Rute Erivânia Moreira das Neves

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Sarahbelle Leitte Cartaxo Meneses

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Wilza Carla Moreira Silva

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Evaldo de Lira Azevêdo

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Resumo

Para avaliações holísticas de ecossistemas aquáticos, é essencial que se desenvolvam pesquisas de biomonitoramento, além das avaliações físicas e químicas. Entre os diversos bioindicadores nesses ecossistemas, destacam-se os gêneros de Chironomidae (Diptera). O gênero Polypedilum tem sido reportado estando relacionado a condições ambientais variáveis. Em termos de monitoramento, é essencial definir a relação que o gênero apresenta frente aos diferentes gradientes ambientais. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar a relação de Polypedilum frente às condições ambientais. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico de trabalhos, em língua portuguesa, produzidos no Brasil. Foi possível constatar que a maior parte dos estudos relacionou o gênero a piores condições ambientais. Ainda que o gênero estivesse mais associado a altas concentrações de matéria orgânica (13,93%) e altas temperaturas (5,74%), com o levantamento de dados foi possível lançar luz sobre a relação do gênero frente ao gradiente ambiental, embora seja necessário que estudos abarcando trabalhos publicados em outros países sejam realizados.

 

Palavras-chave


bioindicadores; Chironomidae; invertebrados bentônicos; qualidade ambiental


Texto completo:

Referências


ALLENDE, L.; FOTANARROSA, M. S.; MURNO, A.; SINISTRO, R. Phytoplankton functional group classifications as a tool for biomonitoring shallow lakes: a case study. Knowledge & Management of Aquatic Ecosystems, v. 420, 5, p. 1-14, 2019. DOI: https://doi.org/10.1051/kmae/2018044.

AMORIM, R. M.; HENRIQUES-OLIVEIRA, A. L.; NESSIMIAN, J. L. Distribuição espacial e temporal das larvas de Chironomidae (Insecta: Diptera) na seção ritral do rio Cascatinha, Nova Friburgo, Rio de Janeiro, Brasil. Lundiana: International Journal of Biodiversity, v. 5, n. 2, p. 119-127, 2004. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/lundiana/article/view/22012. Acesso em: 7 maio 2022.

ANDERSON, M. J. Permutation tests for univariate or multivariate analysis of variance and regression. Canadian Journal of Fisheries and Aquatic Sciences, v. 58, n. 3, p. 626-639, 2001. DOI: https://doi.org/10.1139/f01-004.

ANDERSON, M. J.; GORLEY, R. N.; CLARKE, K. R. PERMANOVA + for PRIMER: guide to software and statistical methods. Plymouth: PRIMER-E. 2008. Disponível em: http://updates.primer-e.com/primer7/manuals/PERMANOVA+_manual.pdf. Acesso em: 5 maio 2022.

ANJOS, A. F.; TAKEDA, A. M.; PINHA, G. D. Distribuição espacial e temporal das larvas de Chironomidae em diferentes ambientes do complexo - rio Baía, Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. Acta Scientiarum. Biological Sciences, v. 33, n. 4, p. 417-426, 2011. DOI: https://doi.org/10.4025/actascibiolsci.v33i4.5386.

ARAÚJO, C. S. C. Efeito de distúrbio causado pelo despejo de efluente orgânico sobre a comunidade de insetos aquáticos. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) – Instituto de Ciências Biológicas, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2011. Disponível em: https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tde/2569. Acesso em: 13 maio 2022.

AZEVÊDO, E. L.; BARBOSA, J. E. L.; VIANA, L. G.; ANACLETO, M. J. P.; CALLISTO, M.; MOLOZZI, J. Application of a statistical model for the assessment of environmental quality in neotropical semi-arid reservoirs. Environmental Monitoring and Assessment, v. 189, n. 2, 65, 2017. DOI: https://doi.org/10.1007/s10661-016-5723-3.

BEM, C. C.; HIGUTI, J.; AZEVEDO, J. C. R. Qualidade da água de um ambiente lótico sob impacto antropogênico e sua comunidade bentônica. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v. 20, n. 2, p. 418-429, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.21168/rbrh.v20n2.p418-429.

BUSH, A.; COMPSON, Z. G.; MONK, W. A.; PORTER, T. M.; STEEVES, R.; EMILSON, E.; GAGNE, N.; HAJIBABAEI, M.; ROY, M.; BAIRD, D. J. Studying ecosystems with DNA metabarcoding: lessons from biomonitoring of aquatic macroinvertebrates. Frontiers in Ecology and Evolution, v. 7, p. 434, 2019. DOI: https://doi.org/10.3389/fevo.2019.00434.

CALLISTO, M.; GOULART, M.; MORETTI, M. Macroinvertebrados bentônicos como ferramenta para avaliar a saúde de riachos. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v. 6, n. 1, p. 71-82, 2001. DOI: http://dx.doi.org/10.21168/rbrh.v6n1.p71-82.

CRANSTON, P. S.; NOLTE, U. Fissimentum, a new genus of drought-tolerant Chironomini (Diptera: Chironomidae) from the Americas and Australia. Entomological News, v. 107, n. 1, p. 1-15, 1996. Disponível em: https://biostor.org/reference/3497. Acesso em: 13 maio 2022.

DORNFELD, C. B.; ESPÍNDOLA, E. L. G; LEITE, M. A. Avaliação da eutrofização e sua relação com Chironomidae no rio Atibaia e reservatório de Salto Grande (Americana, SP - Brasil). Revista Brasileira de Recursos Hídricos, v. 10, n. 3, p. 53-62, 2005. DOI: http://dx.doi.org/10.21168/rbrh.v10n3.p53-62.

FEDONIUK, T. Morphogenetic analysis of the stability of water macrophytes development in the short-term biomonitoring of water ecosystems of the Polissya of Ukraine. Balanced Nature Using, v. 9, n. 1, p. 90-98, 2018. Disponível em: https://ideas.repec.org/a/bnu/journl/v9y2018i1p90-98.html Acesso em: 12 maio 2022.

FEITOSA, G. A. Represamento do Rio Poxim-Açu e possíveis impactos sobre a macrofauna bentônica e qualidade de água, São Cristóvão, Sergipe, Brasil. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe, São Cristóvão, 2016. Disponível em: https://repositorio.ifs.edu.br/biblioteca/handle/123456789/257. Acesso em: 7 maio 2022.

FLOSS, E. C. S. Composição e distribuição espacial e temporal de larvas de Chironomidae (Insecta, Diptera), em um rio em região montanhosa, no extremo sul do Brasil. 2011. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) – Centro de Ciências Naturais e Exatas, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2011. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/5289. Acesso em: 10 maio 2022.

FUSARI, L. M. Estudo das comunidades de macroinvertebrados bentônicos das represas do Monjolinho e do Fazzari no campus da UFSCar, município de São Carlos, SP. 2006. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Recursos Naturais) – Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1904. Acesso em: 10 maio 2022.

GOULART, M. D. C.; CALLISTO, M. Bioindicadores de qualidade de água como ferramenta em estudos de impacto ambiental. Revista da FAPAM, v. 2, n. 1, p. 156-164, 2003. Disponível em: http://labs.icb.ufmg.br/benthos/index_arquivos/pdfs_pagina/Goulart%20&%20Callisto-Fapam.pdf. Acesso em: 8 maio 2022.

GURSKI, F. A. Efeito da heterogeneidade de habitats na composição e distribuição da assembleia de Chironomidae (Diptera) em riachos preservados de Mata Atlântica, no sul do Brasil. 2011. Dissertação (Mestrado em Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca) – Centro de Engenharias e Ciências Exatas, Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Toledo, 2011. Disponível em: https://tede.unioeste.br/handle/tede/1968. Acesso em: 9 maio 2022.

HERNÁNDEZ, C. G. Efeitos de florestas ripárias em restauração na estrutura de comunidades de macroinvertebrados aquáticos e nas taxas de decomposição de matéria orgânica. 2018. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/10539. Acesso em: 7 maio 2022.

JOHNSON, N. J.; KELLER, T. S.; KRIEGER, K. A. Atlas of Larvae of the Chironomid midges (class Insecta: order Diptera: family Chironomidae) Recorded at the Old Woman Creek National Estuarine Research Reserve & State Nature Preserve, Ohio. Tiffin, Ohio: National Center for Water Quality Research, 2005. Disponível em: https://ohiodnr.gov/static/documents/coastal/owc/OWCAtlas_Midges.pdf. Acesso em: 8 maio 2022.

LIMA, J. B. Impactos das atividades antrópicas sobre a comunidade dos macroinvertebrados bentônicos do Rio Cuiabá no perímetro urbano das cidades de Cuiabá e Várzea Grande-MT. 2002. Tese (Doutorado em Ecologia e Recursos Naturais) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2002. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1864. Acesso em: 9 maio 2022.

MACHADO, G. L. S. N. Análise da contaminação em águas superficiais por esgotos domésticos em rios intermitentes do semiárido brasileiro. 2016. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Biotecnologia e Bioprocessos) – Universidade Federal de Campina Grande, Sumé, 2016. Disponível em: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/xmlui/handle/riufcg/7040. Acesso em: 10 maio 2022.

MACHADO, N. G.; NASSARDEN, D. C. S.; SANTOS, F.; BOAVENTURA, I. C. G; PERRIER, G.; SOUZA, F. S. C.; MARTINS, E. L.; BIUDES, M. S. Chironomus larvae (Chironomidae: Diptera) as water quality indicators along an environmental gradient in a neotropical urban stream. Revista Ambiente & Água, v. 10, n. 2, p. 298-309, 2015. DOI: https://doi.org/10.4136/ambi-agua.1533.

MARQUES, M. M. G. S. M.; BARBOSA, F. A. R.; CALLISTO, M. Distribuição e abundância de Chironomidae (Diptera, Insecta) em uma bacia hidrográfica impactada no sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Biologia, v. 59, n. 4, p. 553-561, 1999. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-71081999000400004.

MARTINS, I.; SANCHES, B.; KAUFMANN, P. R.; HUGHES, R. M.; SANTOS, G. B.; MOLOZZI, J.; CALLISTO, M. Ecological assessment of a southeastern Brazil reservoir. Biota Neotropica, v. 15, n. 1, p. 1-10, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/1676-06032015006114.

MAZZINI, F. Efeitos da resolução taxonômica de invertebrados bentônicos no diagnóstico da qualidade de ecossistemas lóticos. 2007. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007. DOI: https://dx.doi.org/10.11606/D.91.2007.tde-22102007-111107.

MCGOFF, E. A.; AROVIITA, J.; PILOTTO, F.; MILER, O.; SOLIMINI, A. G.; PORST, G.; JURCA, T.; DONOHUE, L.; SANDIN, L. Assessing the relationship between the Lake Habitat Survey and littoral macroinvertebrate communities in European lakes. Ecological Indicators, v. 25, p. 205-214, 2013. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ecolind.2012.09.018.

MEDEIROS, C. R. F. Padrões de distribuição das comunidades de macroinvertebrados bentônicos em estuários tropicais. 2016. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Conservação) – Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Estadual da Paraíba, Campina Grande, 2016. Disponível em: http://tede.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/tede/2753. Acesso em: 9 maio 2022.

METCALFE, J. L. Biological water quality assessment of running waters based on macroinvertebrate communities: history and present status in Europe. Environmental Pollution, v. 60, n. 1-2, p. 101-139, 1989. DOI: https://doi.org/10.1016/0269-7491(89)90223-6.

OLIVEIRA, V.; MARTINS, R.; ALVES, R. Evaluation of water quality of an urban stream in southeastern Brazil using Chironomidae Larvae (Insecta: Diptera). Neotropical Entomology, v. 39, n. 6, p. 873-878, 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S1519-566X2010000600004.

PAMPLIN, P. A. Z.; ALMEIDA, T. C. M.; ROCHA, O. Composition and distribution of benthic macroinvertebrates in Americana Reservoir (SP, Brazil). Acta Limnologica Brasiliensia, v. 18, n. 2, p. 121-132, 2006. Disponível em: https://www.actalb.org/article/627b11e5782aad05cf54920d/pdf/alb-18-2-121.pdf. Acesso em: 5 maio 2023.

PARMAR, T. K.; RAWTANI, D.; AGRAWAL, Y. K. Bioindicators: the natural indicator of environmental pollution. Frontiers in Life Science, v. 9, n. 2, p. 110-118, 2016. DOI: https://doi.org/10.1080/21553769.2016.1162753.

QUEIROZ, J. F.; TRIVINHO-STRIXINO, S.; NASCIMENTO, V. M C. Organismos bentônicos bioindicadores da qualidade das águas da Bacia do Médio São Francisco. Comunicado Técnico Embrapa Meio Ambiente, n. 3, nov. 2000. Disponível em: https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/14551/organismos-bentonicos-bioindicadores-da-qualidade-das-aguas-da-bacia-do-medio-sao-francisco. Acesso em: 7 maio 2022.

REMOR, M. B.; HERMOSO, M.; SGARBI, L. F.; PRESTES, T. M. V.; CÂMARA, C. D.; MODEL, K. J. Qualidade da água do rio das Pedras, oeste do Paraná, utilizando macroinvertebrados bentônicos como bioindicadores. Arquivos de Ciências Veterinárias e Zoologia da UNIPAR, v. 17, n. 2, 2014. Disponível em: https://revistas.unipar.br/index.php/veterinaria/article/view/4930. Acesso em: 10 maio 2022.

RESENDE, D. L. M. C; TAKEDA, A. M. Larvas de Chironomidae (Diptera) em três Reservatórios do Estado do Paraná, Brasil. Revista Brasileira de Zoociências, v. 9, n. 2, 2007. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/vti-482571. Acesso em: 15 maio 2022.

ROQUE, F. O.; CORBI, J. J.; TRIVINHO-STRIXINO, S. Considerações sobre a utilização de larvas de Chironomidae (Diptera) na avaliação da qualidade da água de córregos do Estado de São Paulo. In: ESPÍNDOLA, E. L. G.; PASCHOAL, C. M. R. B.; ROCHA, O.; BOHRER, M. B. C.; OLIVEIRA NETO, A. L. (org.). Ecotoxicologia: perspectivas para o século XXI. São Carlos: RiMa, 2000. p. 115-126.

SALVARREY, A. V. B.; KOTZIAN, C. B.; SPIES, M. R.; BRAUN, B. The influence of natural and anthropic environmental variables on the structure and spatial distribution along longitudinal gradient of macroinvertebrate communities in southern Brazilian streams. Journal of Insect Science, v. 14, n. 1, p. 1-23, 2014. DOI: https://doi.org/10.1093/jis/14.1.13.

SANSEVERINO, A. M.; NESSIMIAN, J. L. Assimetria flutuante em organismos aquáticos e sua aplicação para avaliação de impactos ambientais. Oecologia Brasiliensis, v. 12, n. 3, p. 382-405, 2008. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/oa/article/view/5733. Acesso em: 7 maio 2022.

SILVANO, J. E. Distribuição de Chironomidae (Diptera) em ecossistemas lênticos e lóticos no semiárido do Rio Grande do Norte. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Ecologia) – Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/43291. Acesso em: 12 maio 2022.

SIMON, T. P.; EVANS, N. T. Environmental quality assessment using stream fishes. In: LAMBERTI, G. A.; HAUER, F. R. Methods in stream ecology. Vol. 2: Ecosystem function. 3. ed. Cambridge, Massachusetts: Academic Press, 2017. Cap. 39, p. 319-334. DOI: https://doi.org/10.1016/B978-0-12-813047-6.00017-6.

SONODA, K. C. Relação entre uso da terra e composição de insetos aquáticos de quatro bacias hidrográficas do estado de São Paulo. 2005. Tese (Doutorado em Ecologia de Agrossistemas) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2005. DOI: https://dx.doi.org/10.11606/T.91.2005.tde-17102006-164011.

TAKAHASHI, M. A.; HIGUTI, J.; BAGATINI, Y. M.; ZVIEJKOVSKI, I. P; VELHO, L. F. M. Composition and biomass of larval chironomid (Insecta, Diptera) as potential indicator of trophic conditions in southern Brazil reservoirs. Acta Limnologica Brasiliensis, v. 20, n. 1, p. 5-13, 2008. Disponível em: http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.1039.6582&rep=rep1&type=pdf. Acesso em: 14 maio 2022.

TAKEDA, A. M.; KOBAYASHI, J. T.; RESENDE, D. L. M. C.; FUJITA, D. S.; AVELINO, G. S.; FUJITA, R. H.; PAVAN, C. B.; BUTAKKA, C. M. M. A influência do decréscimo do nível fluviométrico na comunidade de Chironomidae da Planície Aluvial do Rio Paraná. UEM-NUPELIA, p. 97-100, 2001. Disponível em: http://www.peld.uem.br/Relat2002/pdf/comp_biotico_influenciaCresc.pdf. Acesso em: 14 maio 2022.

TRIVINHO-STRIXINO, S. Chironomidae (Insecta, Diptera, Nematocera) do Estado de São Paulo, Sudeste do Brasil. Biota Neotropica, v. 11, suppl. 1, p. 675-684, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1676-06032011000500032.

TUNDISI, J. G.; TUNDISI, T. M. Limnologia. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

XIONG, W.; HUANG, X.; CHEN, Y.; FU, R.; DU, X.; CHEN, X.; ZHAN, A. Zooplankton biodiversity monitoring in polluted freshwater ecosystems: a technical review. Environmental Science and Ecotechnology, v. 1, 100008, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ese.2019.100008.

ZARDO, D. C. Ocorrência de macroinvertebrados bentônicos em ecossistema aquático localizado em área agrícola no município de Campo Verde-MT. 2011. Dissertação (Mestrado em Recursos Hídricos) – Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2011. Disponível em: https://ri.ufmt.br/handle/1/1210. Acesso em: 10 maio 2022.

ZHANG, J.; WANG, C.; JIANG, X.; SONG, Z.; XIE, Z. Effects of human-induced eutrophication on macroinvertebrate spatiotemporal dynamics in Lake Dianchi, a large shallow plateau lake in China. Environmental Science and Pollution Research, v. 27, n. 12, p. 13066-13080, 2020. DOI: https://doi.org/10.1007/s11356-020-07773-w.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id6318

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 847

Total de downloads do artigo: 463