Avaliação da abundância e tamanho de Melanoides tuberculatus (MULLER, 1774) no açude Engenheiro Ávidos (Cajazeiras – PB)

Evaldo de Lira Azevêdo

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Wilza Carla Moreira Silva

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Sarahbelle Leitte Cartaxo de de Menses

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

André de Oliveira Bandeira

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Teobaldo Gabriel de Souza Júnior

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

Daniele Jovem da Silva Azevêdo

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), Campus Floresta Brasil

Resumo

Melanoides tuberculatus é um molusco exótico que tem se dispersado, amplamente, em ecossistemas aquáticos do semiárido brasileiro. Os objetivos desse estudo foram: i) avaliar a abundância e tamanho de M. tuberculatus no açude Engenheiro Ávidos (Cajazeiras – PB); ii) averiguar a relação da abundância e tamanho de M. tuberculatus com variáveis ambientais; iii) avaliar, comparativamente, a classificação dos locais de amostragem - melhor e pior qualidade ambiental - a partir da abundância, tamanho de M. tuberculatus e variáveis físicas e químicas da água; e iv) diagnosticar a qualidade ambiental do ecossistema estudado. Os moluscos foram coletados em dez locais distribuídos na zona litorânea do reservatório Engenheiro Ávidos (Cajazeiras – PB), com auxílio de draga Ekman-Birge. A melhor resposta de classificação dos locais de amostragem foi obtida a partir dos parâmetros físicos e químicos da água. Maiores abundâncias e tamanhos do molusco ocorreram em locais com menor qualidade ambiental. Novos estudos devem ser realizados para acompanhar a dinâmica de M. tuberculatus, como também, para avaliar a qualidade ambiental do reservatório.

Palavras-chave


Molusco exótico; Macroinvertebrados bentônicos; Biomonitoramento; Semiárido; Qualidade ambiental


Texto completo:

Referências


AESA. AGÊNCIA EXECUTIVA DE GESTÃO DAS ÁGUAS. Disponível em: http://www.aesa.pb.gov.br/aesa-website/monitoramento/volume-acude/?id_acude=874. Acesso em: 10 abr. 2021.

ALBARRAN-MELZE, N. C.; RANGEL-RUIZ, L. J.; GAMBOA-AGUILAR, J. Distribution and abundance of Melanoides tuberculata (Gastropoda: Thiaridae) in the Biosphere reserve of Pantanos de Centla, Tabasco, Mexico. Acta Zoológica Mexicana, v. 25, n. 1, p. 93-104, 2009.

ALMEIDA, P. R. S.; NASCIMENTO-FILHO, S. L.; VIANA, G. F. S. Effects of invasive species snails in continental aquatic bodies of Pernambucano semiarid. Acta Limnologica Brasiliensia, v. 30, 2018.

ANDERSON, M. J. Permutation tests for univariate or multivariate analysis of variance and regression. Canadian journal of fisheries and aquatic sciences, v. 58, n. 3, p. 626-639, 2001.

ANDERSON, M.; GORLEY, R.; CLARKE, K. PERMANOVA. for primer: guide to software and statistical methods. Primer-e, Plymouth, UK, 2008.

ANDRADE, J. T. M. Malacofauna límnica na área da transposição do rio São Francisco nos estados da Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte: eixo Norte. 2014. - 44 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Malacologia de Vetores) - Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2014.

ARAÚJO, M. et al. Avaliação alométrica e da biomassa de Melanoides tuberculata (MULLER, 1774) como ferramenta para a avaliação da qualidade ambiental de reservatórios. Gaia Scientia, n. 14, v. 4, p. 136-149, 2020.

AZEVÊDO, E. L. et al. Potential ecological distribution of alien mollusk Corbicula largillierti and its relationship with human disturbance in a semi-arid reservoir. Biota Neotropica, v. 16, n. 1, 2016.

AZEVÊDO, E. L. et al. Application of a statistical model for the assessment of environmental quality in neotropical semi-arid reservoirs. Environmental Monitoring and Assessment, v. 189, n. 2, p. 65, 2017.

BARROS, M. R. F. et al. Novo registro de Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae) na Amazônia Oriental. Research, Society and Development, v. 9, n. 7, 2020.

BERRY, A. J.; KADRI, A. H. Reproduction in the Malayan freshwater cerithiacean gastropod Melanoides tuberculata. Journal of Zoology, v. 172, n. 3, p. 369-381, 1974.

BRASIL, 2005. Ministério do Meio Ambiente. Conselho Nacional do Meio Ambiente - CONAMA. Resolução nº 357 de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Disponível em: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=450. Acesso em 20 mai. 2021.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente – CONAMA. Resolução nº 430 de 13 de maio de 2011. Complementa e altera a Resolução nº 357 de 17 de março de 2005. Disponível em: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=627. Acesso em 30 de ago. 2021.

BRASIL. Ministério da Saúde.. Portaria de Consolidação Nº 5 de 28de setembrode 2017. . Disponível em: https://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2018/marco/29/PRC-5-Portaria-de-Consolida----o-n---5--de-28-de-setembro-de-2017.pdf. Acesso em: 28 ago. 2021.

DUDGEON, D. The life cycle, population dynamics and productivity of Melanoides tuberculata (Muller, 1774) (Gastropoda: Prosobranchia: Thiaridae) in Hong Kong. Journal of Zoology, v. 208, n. 1, p. 37-53, 1986.

DUGGAN, I. C. First record of a wild population of the tropical snail Melanoides tuberculata in New Zealand natural waters. Marine and Freshwater Research, v. 36, 2, p. 825-829, 2002.

FERNANDEZ, M. A.; THIENGO, S.C.; SIMONE, L. R. L. Distribution of the introduced freshwater snail Melanoides tuberculatus (Gastropoda: Thiaridae) in Brazil. The Nautilus, n. 117, v. 3, p. 78-82, 2003.

FREITAS, J. R. et al. Population dynamics of aquatic snails in Pampulha reservoir. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 82, p. 299-305, 1987.

GONÇALVES, C. T. P. Aspectos populacionais e reprodutivos do gastrópode invasor Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae) no Lago Paranoá, Brasília, Brasil.,Dissertação (Mestrado em Zoologia),Universidade de Brasília, Brasília, 2015.

GOULART, M. D.; CALLISTO, M. Bioindicadores de qualidade de água como ferramenta em estudos de impacto ambiental. Revista da FAPAM, v. 2, n. 1, p. 156-164, 2003.

GUTIÉRREZ, A. et al. Relationship of the prosobranch snails Pomacea paludosa, Tarebia granifera and Melanoides tuberculata with the abiotic environment and freshwater snail diversity in the central region of Cuba. Malacological Review, v. 30, p. 39-44, 1997.

HELLER, J.; FARSTAY, V. A field method to separate males and females of the freshwater snail Melanoides tuberculata. Journal of Molluscan Studies, v. 55, n. 3, p. 427-429, 1989.

HOUBRICK, R. S. Anatomy, reproductive biology, and phylogeny of the Planaxidae (Cerithiacea: Prosobranchia). Smithsonian Contributions to Zoology, pp. 57, 1987.

LIMA, L.; BRASIL, B.; MARTINS-SILVA, M. J. Melanoides tuberculata (Müller, 1774): Northeastern dispersal in the São Francisco basin, Brazil. Check List, v. 9, p. 162, 2013.

LUNA, J. N. Ações do Império no Velho Chico: A Fundação de Petrolina, a Navegação no Rio São Francisco e o Projeto de Transposição de José Bonifácio. DIÁLOGOS – Revista de Estudos Culturais e da Contemporaneidade, n. 8, p. 208-223 2013.

MEDEIROS, C. R. et al. Effectiveness of abundance and biomass curves in detecting environmental alterations in semi-arid region reservoirs. Biota Neotropica, v. 18, n. 2, 2018.

MIYAHIRA, I. C. Dinâmica populacional de Melanoides tuberculatus (Müller, 1774) em um riacho impactado da Vila do Abraão, Ilha Grande. 2010. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Evolução) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Angra dos Reis, 2010. Disponível em: https://www.bdtd.uerj.br:8443/handle/1/5887.

MOLOZZI, J. et al. Thermodynamic oriented ecological indicators: Application of Eco-Exergy and Specific Eco-Exergy in capturing environmental changes between disturbed and non-disturbed tropical reservoirs. Ecological Indicators, v. 24, p. 543-551, 2013.

MUGNAI, R.; NESSIMIAN, J. L.; BAPTISTA, D. F. Manual de identificação de macroinvertebrados aquáticos do Estado do Rio de Janeiro: para atividades técnicas, de ensino e treinamento em programas de avaliação da qualidade ecológica dos ecossistemas lóticos. Technical Books Editora, 2010.

OKUMURA, D. Estudos ecológicos e ecotoxicológicos de Melanoides tuberculata, espécie exótica para a região neotropical. Tese de Doutorado, São Paulo, Brasil, 2006.

PAIVA, F. F. et al. Environmental factors influencing the occurrence of alien mollusks in semi-arid reservoirs. Limnetica, v. 37, n. 2, p. 187-198, 2018.

PAZ, R. J. et al. First record of Melanoides tuberculata (Müller, 1774) (Gastropoda: Prosobranchia: Thiaridae) in the state of Paraíba (Brazil) and its possible ecological implications. Revista Nordestina de Biologia, n. 10, v. 2, p. 79-85, 1995.

PERERA, G. et al. Ecological structure and factors regulating the population dynamics of the freshwater snail populations in Hanabanilla lake, Cuba. Malacological Review, v. 28, p. 63-70, 1995.

POINTIER, J. P.; GUYARD, A. Biological controlo f the snail intermediate host of Schistossoma masoni in Martinique, French West Indies. Tropical Medicine and Parasitology, v 43, p 98-101, 1992.

POINTIER, J. P.; JOURDANE, J. Biological control of the snail hosts of schistosomiasis in areas of low transmission: the example of the Caribbean area. Acta Tropica, v. 77, n. 1, p. 53-60, 2000.

R CORE TEAM. R: A Language and Environment for Statistical Computing. R. Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. https://www.R-project.org/. 2016.

RADER, R. B.; BELK, M. C.; KELEHER, M. J. The Introduction of an Invasive Snail (Melanoides tuberculata) to spring Ecosystems of the Bonneville Basin, Utah. Journal of Freshwater Ecology, v. 18, n. 4, p. 647-657, 2003.

ROESSLER, M. A.; BEARDSLEY, G. L.; TABB, D. C. New records of the introduced snail, Melanoides tuberculata (Mollusca: Thiaridae) in south Florida. Florida Scientist, p. 87-94, 1977.

SANTOS, C. M.; ESKINAZI-SANT'ANNA, E. M. The introduced snail Melanoides tuberculatus (Muller, 1774) (Mollusca: Thiaridae) in aquatic ecosystems of the Brazilian semiarid northeast (Piranhas-Assu River basin, State of Rio Grande do Norte). Brazilian Journal of Biology, v. 70, n. 1, p. 1-7, 2010.

SILVA, E. C.; BARROS, F. Macrofauna bentônica introduzida no Brasil: lista de espécies marinhas e dulcícolas e distribuição atual. Oecologia Australis, v. 15, n. 2, p. 326-344, 2011.

SILVA, E. L. et al. Freshwater mollusks from three reservoirs of Piauí, northeastern Brazil. Biota Neotropica, v. 20, n. 1, 2020.

VAZ, J. F. et al. Ocorrência no Brasil de Thiara (Melanoides) tuberculata (OF Muller, 1774) (Gastropoda, Prosobranchia), primeiro hospedeiro intermediário de Clonorchis sinensis (Cobbold, 1875) (Trematoda, Plathyhelmintes). Revista de Saúde Pública, v. 20, p. 318-322, 1986.

WORK, K.; MILLS, C. Rapid population growth countered high mortality in a demographic study of the invasive snail, Melanoides tuberculata (Müller, 1774), in Florida. Aquatic Invasions, v. 8, n. 4, 2013.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id5923

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 209

Total de downloads do artigo: 96