Topografia dos órgãos abdominais de saguis-de-tufos-brancos (Callithrix jacchus Linnaeus, 1758)

Moana Barbosa dos Santos Figuerêdo

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) Brasil

Joyce Galvão de Souza

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) Brasil

Luan Nascimento Batista

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) Brasil

Brunna Muniz Rodrigues Falcão

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) Brasil

Gildenor Xavier Medeiros

Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) Brasil

Resumo

Os saguis-de-tufos-brancos (Callithrix jacchus) são primatas de pequeno porte que se adaptam bem à vida em cativeiro. Muitos são capturados pelos traficantes de animais silvestres e alguns morrem em função dos maus tratos e, quando apreendidos pelos agentes do IBAMA, precisam de cuidados veterinários. O objetivo do trabalho foi estudar a anatomia topográfica da cavidade abdominal de 10 cadáveres de saguis-de-tufos-brancos doados pelo CETAS/PB. Foram determinadas linhas de demarcação das regiões topográficas do abdome, sendo duas longitudinais que cruzam o ponto médio das clavículas e duas transversais, uma cranial entre os arcos costais e outra caudal entre as tuberosidades coxais. A disposição topográfica dos órgãos abdominais do sagui é semelhante à disposição observada em cães e gatos, especialmente nas regiões abdominais cranial e média. No entanto, no que se refere à localização do ceco, ele se estende por todo o flanco direito do sagui. Especificamente quanto à localização do cólon, o sagui se assemelha à espécie humana. Quanto à anatomia topográfica aplicada, verifica-se que é possível palpar, percutir e puncionar o fígado do sagui nas regiões hipocondríaca direita e xifoidea. Propõe-se como ponto de cecocentese o flanco direito. Este trabalho é importante para subsidiar os médicos veterinários na realização de procedimentos clínicos, cirúrgicos e exames de imagem.

Palavras-chave


Abdome; Anatomia; Primatas


Texto completo:

Referências


ALBUQUERQUE, L. L. Ultrassonografia abdominal de tamanduás-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) machos e fêmeas. 2017. 41 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2017.

ALVES, F. R.; COSTA, F. B.; AROUCHE, M. M. S.; BARROS, A. C. E.; MIGLINO, M. A.; VULCANO, L. C.; GUERRA, P. C. Avaliação ultra-sonográfica do sistema urinário, fígado e útero do macaco-prego, Cebus apela. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 27, n. 9, p. 377-382, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-736X2007000900004. Acesso em: 17 mar. 2020.

BACALHAO, M. B. M.; FIRMINO, M. O.; SIQUEIRA, R. A. S.; RAMALHO, A. C.; CAVALCANTE, T. A.; NERY, T. F. L.; GUERRA, R. R. Descrição morfológica de duas espécies de Sapajus encontradas na Paraíba: S. libidinosus e o recém-redescoberto e já criticamente ameaçado S. flavius. Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 36, n. 4, p. 317-321, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-736X2016000400011. Acesso em: 17 mar. 2020.

CARVALHO, A. L. E. G. F.; MARTINS, L. L.; BOSSO, A. C. S.; MACHADO, M. R. F. Morfologia do fígado da paca (Cuniculus paca, Linnaeus 1766). Biotemas, v. 25, n. 2, p. 109-115, 2012. Disponível em: https://doi.org/10.5007/2175-7925.2012v25n2p109 . Acesso em 25 ago. 2019.

DYCE, K. M.; SACK, W. O.; WENSING, C. J. G. Tratado de Anatomia Veterinária. 4.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

FOSSUM, T. W. Cirurgia de pequenos animais. 4. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2014.

GETTY, R. Anatomia dos animais domésticos. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1986. v. 1 e 2.

GROVES, C. In: WILSON, D. E.; REEDER, D. M. Mammal species of the world. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005.

GUIMARÃES, S. B. Descrição morfológica e morfométrica do sistema urogenital feminino de Cebus apella (macaco-prego). 2012. 75 f. Dissertação (Mestrado em Saúde e Produção Animal na Amazônia) - Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2012.

I.C.V.G.A.N – International Committee on Veterinary Gross Anatomical Nomenclature; W.A.V.A. – World Association of Veterinary Anatomists. Nomina Anatomica Veterinaria, Hannover, Columbia, MO, Ghent, Sapporo: Editorial Committee, 2017.

KÖNIG, H. E.; LIEBICH, H. G. Anatomia dos animais domésticos: texto e atlas colorido. Tradução Althen Teixeira Filho. Porto Alegre: Artmed, 2016.

LIMA, A. R.; GUIMARÃES, S. B.; BRANCO, E.; GIESE, E. G.; MUNIZ, J. A. P. C.; RICCI, R. E. G.; MIGLINO, M. A. Anatomia e histologia do trato urinário do macaco-prego (Sapajus apella). Pesquisa Veterinária Brasileira, v. 36, n. 3, p. 221-226, 2016. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-736X2016000300012. Acesso em 25 ago. 2019.

MARROIG G.; CROPP S.; CHEVERUD, J. M. Systematics and evolution of the jacchus group of marmosets (Platyrrhini). American Journal of Physical Anthropology, v. 123, n. 1, p. 11-22, 2004. Disponível em: https://doi.org/10.1002/ajpa.10146 . Acesso em 25 ago. 2019.

MOORE, K. L.; DALLEY, A. F. Anatomia orientada para a clínica. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001.

RYLANDS, A. B.; MITTERMEIER, R. A. In: GARBER, P. A.; ESTRADA, A.; BICCA-

MARQUES, J. C.; HEYMANN, E. W.; STRIER, K. B. South American Primates: Comparative Perspectives in the Study of Behavior, Ecology, and Conservation. Nova Iorque: Springer, 2009, p. 23-54.

SANTOS, R. V. Avaliação anatômica e tomográfica das estruturas abdominais do Alouatta guariba clamitans (Bugio-ruivo – Cabrera, 1940). 2016. 86 f. Tese (Doutorado em Biotecnologia Animal) – Universidade Estadual Paulista, Botucatu, 2016.

SILVA, L. C. S. Contribuição ao estudo do estômago do sagui-de-tufo-preto (Callithrix penicillata). 2012. 87 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SOUZA, A. C. Avaliação ultrassonográfica abdominal e descrição de parâmetros normais em primatas não humanos. 2013. 104 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2013.

VERONEZ, D.; VIEIRA, M. Anatomia do abdome. Rede local de ensino, Universidade Tecnológica Federal do Paraná -UTFPR, 2012. Disponível em: http://rle.dainf.ct.utfpr.edu.br/hipermidia/images/documentos/Anatomia_do_abdome.pdf. Acesso em 28 ago. 2019.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id4802

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 456

Total de downloads do artigo: 356