Titulação docente na avaliação dos cursos de Engenharia de Produção no Brasil

José André Villas Boas Mello

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Brasil

Raquel Octavio Guimarães

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Brasil

Edson Vinicius Pontes Bastos

Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca Brasil

Resumo

The purpose of this article is to verify if the different academic degrees may interfere with the preliminary course concept (CPC) track obtained by the Production Engineering courses in Brazil. In this documentary study, the data regarding the CPC results of the Production Engineering courses of 2014 were tabulated and analyzed in order to enable a different view of the performance, qualifying the results achieved by the teacher segments: specialists, masters and doctors. As a result, it has been found that the North region is the least attended by the offer of Production Engineering courses in Brazil. With the statistical model of Multiple Linear Regression it was possible to conclude that the grades depend on the academic degree of teachers, in other words, the increase in the number of doctoral teachers significantly influences the cpc performance note.

Palavras-chave


Assessment. Enade. Teacher


Texto completo:

Referências


BASTOS, E., GUIMARÃES, J., & SEVERO, E. Modelo de regressão linear para análise de investimentos em uma empresa do ramo petrolífero. Revista Produção e Desenvolvimento, v.1, n.1, p.77-88, 2015.

BITTENCOURT, H. R.; VIALI, L.; BELTRAME, E. A engenharia de produção no brasil: um panorama dos cursos de graduação e pós-graduação. Revista de Ensino de Engenharia, v.29, n.1, p.11-19, 2010 – ISSN 0101-5001. Porto Alegre.

CORRAR, L. J.; PAULO, E.; DIAS FILHO, J. M. (Coords.). Análise multivariada para cursos de administração, ciências contábeis e economia. São Paulo: Atlas, 2007.

CUNHA, G. D. Um panorama atual da Engenharia da Produção no Brasil. Porto Alegre: [s.n.], 2002.

Dias Sobrinho, J. A avaliação e transformações da Educação Superior Brasileira (1995-2009): Do provão aos Sinaes. Avaliação, v.15, n.1, p.195-224, 2010

FAÉ, C. S.; RIBEIRO, J. L. D. Um retrato da Engenharia de produção no Brasil. Revista Gestão Industrial, Porto Alegre, 2005.

FÁVERO, L. P. et al. Análise de Dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.

GIL, A. C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. Editora Atlas S.A 6° ed. São Paulo, 2008.

GRIBOSKI, C.M. O enade como indutor da qualidade da Educação superior. Est. Aval. Educ., São Paulo, v.23, n.53, p.178-195. 2012.

GUJARATI, D. Econometria Básica. Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2006.

HAIR JR., J.F.; ANDERSON, R.E.; TATHAM, R.L.; Black, W.C. Análise multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

INEP. Cálculo do Conceito Preliminar de Curso. Nota Técnica Daes/Inep nº 58/2015

INEP. Resultados ENADE. Acessado em: .

KUO, R., CHEN, C.-L., LU, Z.-X., CHANG, M., & CHANG, H.-Y. Educational reward information communication api (eric api): a preliminary study result. Revista Produção e Desenvolvimento, v.5, 2019 https://doi.org/10.32358/rpd.2019.v5.395

LACERDA, L.L.V.; FERRI, C. Relações entre indicadores de qualidade de ensino e desempenho de estudantes dos cursos de Pedagogia do Brasil no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes. Rev. Bras. Estud. Pedagog., v.96, n.242, p.129-145, 2015.

LIMANA, A.; BRITO, M. R. O modelo de avaliação dinâmica e o desenvolvimento de competências: algumas considerações a respeito do ENADE. Revista da rede de Avaliação Institucional da Educação Superior. Campinas, 2005.

MELLO, J.A.V.B.; SOUSA, F.R. Caminhos formacionais na engenharia de produção: a formação docente e os resultados do ENADE 2011. Revista Gestão Universitária na América Latina - GUAL, p.199-215, 2015. doi:https://doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n2p199.

OLIVEIRA, É.T.; PICONEZ, S.C.B. Avaliação da educação superior nas modalidades presencial e a distância: análises com base no Conceito Preliminar de Cursos (CPC). Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, v.22, n.3, p.833-851, 2017.

OLIVEIRA, V. F.; BARBOSA C. S. e CHRISPIM E. M. Cursos de Engenharia de Produção no Brasil: Crescimento e Projeções. Anais do XXV Encontro Nac. de Engenharia de Produção. Porto Alegre, RS, Brasil, 29 out a 01 de Novembro de 2005.

SANTOS, R. S.; ABREU, A. C. Implementation of an efqm model in a higher education institution in Portugal. Revista Produção e Desenvolvimento, v. 5. doi:https://doi.org/10.32358/rpd.2019.v5.365

SILVA, J. R. S.; ALMEIDA, C. D.; GUINDANI, J. F. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas. Revista Brasileira de História e Ciências Sociais. v.I, n.I, 2009. ISSN: 2175-3423.

SIMM, E.B. A qualidade dos cursos de administração no brasil e no paraná mensurada através dos indicadores do enade. Negócios, v.1, n.13, p.16-29, 2015


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n48p169-179

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 213

Total de downloads do artigo: 135