Abordagem qualitativa na avaliação de risco químico em atividade de lavagem de peças de impressão gráfica com solvente orgânico

Daniela Passos Simões de Almeida Tavares

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Campus Cajazeiras Brasil

 

 

Maria Juliana Ferreira dos Santos

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Brasil

Maria Isabel Ferreira dos Santos

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Brasil

Mariana Karla Gurjão Pontes

Faculdades Integradas de Patos (FIP) / Grupo Assa Abloy Brasil

Resumo

A indústria de impressão gráfica é um setor diversificado, atendendo a todos os setores da economia. No setor gráfico, é comum a utilização de tintas e solventes que apresentam em sua composição substâncias químicas que se tornam fonte de riscos químicos, podendo causar danos ao sistema nervoso central, euforias, tonturas, sonolências, irritações nos olhos, na pele e nas vias respiratórias. Nesta pesquisa, utilizou-se uma metodologia de avaliação qualitativa de riscos químicos da ICCT (International Chemical Control Toolkit), adaptada a partir da COSHH Essentials, publicada em 1998 pelo Healthy and Safety Executive (HSE), no Reino Unido. Uma metodologia qualitativa, simples e prática, foi aplicada às atividades de lavagem de peças com solvente do setor de impressão gráfica de uma empresa de embalagens plásticas flexíveis de Campina Grande – PB. A metodologia qualitativa foi utilizada para determinar ações preventivas e medidas de controle para a exposição ao solvente acetato de etila. A partir de informações simples contidas na FISPQ da substância química, como frases de segurança e a temperatura de ebulição, juntamente com dados sobre a quantidade manuseada pelo trabalhador e a temperatura de operação da atividade, foi possível estabelecer medidas de controle adequadas, a serem implementadas nas áreas com risco químico.

Palavras-chave


Avaliação qualitativa; Risco químico; Solventes; Impressão gráfica


Texto completo:

Referências


ABIGRAF – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA GRÁFICA. Números da Indústria Gráfica Brasileira. São Paulo: Abigraf, 2020. Disponível em: www.abigraf.org.br/documents/320. Acesso em: 14 maio 2020.

ACS – AMERICAN CHEMICAL SOCIETY. Guidelines for Chemical Laboratory Safety in Secondary Schools. Washington, DC: ACS, 2016. Disponível em: https://www.acs.org/content/dam/acsorg/about/governance/committees/chemicalsafety/publications/acs-secondary-safety-guidelines.pdf. Acesso em: 14 maio 2020.

AEPS – ANUÁRIO ESTATÍSTICO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL. v. 24. Brasília, DF: MF/DATAPREV, 2019. ISSN 0104-8139. Disponível em: http://sa.previdencia.gov.br/site/2019/04/AEPS-2017-abril.pdf. Acesso em: 14 maio 2019.

ALAGO, M.; FREITAS, M.; VELOSO NETO, H. Metodologia Simplificada de Avaliação de Risco Químico. Cadernos de Engenharia de Segurança, Qualidade e Ambiente, v. 1, n. 1, p. 48-68, 2018. Disponível em: https://www.cesqua.org/index.php/cesqua/article/view/14/8. Acesso em: 13 abr. 2019.

ARAÚJO, M. V. Acompanhamento, Análises Quantitativas e Correções dos Banhos Galvânicos de Produção de Cilindros para Impressão em Embalagens Flexíveis. 2012. 65 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Química) – Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, PB, 2012.

AYRES, D. O.; CORRÊA, J. A. P. Manual de Prevenção de Acidentes de Trabalho. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BAJPAI, P. Printing and Graphic Arts. In: BAJPAI, P. Biermann’s Handbook of Pulp and Paper. 3. ed. Oregon: Elsevier, 2018. p. 283-310. (v. 2: Paper and Board Making).

BARBOSA, D. O. et al. Guia Técnico Ambiental da Indústria Gráfica. 2. ed. São Paulo: CETESB; SINDIGRAF, 2009. ISBN 978-85-61405-12-0.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Norma Regulamentadora nº 15 (NR 15) – Atividades e Operações Insalubres. Brasília: MT, 2018. Disponível em: http://www.trabalho.gov.br/seguranca-e-saude-no-trabalho/normatizacao/normas-regulamentadoras/norma-regulamentadora-n-15-atividades-e-operacoes-insalubres. Acesso em: 12 abr. 2019.

BREVIGLIERO, E.; POSSEBON, J.; SPINELLI, R. Higiene Ocupacional: Agentes Biológicos, Químicos e Físicos. 9. ed. São Paulo: Senac SP, 2017.

CHAZIN, E. L. Métodos de Preparação Industrial de Solventes e Reagentes Químicos – Acetato de Etila. Revista Virtual de Química, v. 4, n. 6, p. 872-883, 2012. DOI: 10.5935/1984-6835.20120061. Disponível em: http://static.sites.sbq.org.br/rvq.sbq.org.br/pdf/v4n6a16.pdf. Acesso em: 12 abr. 2019.

FERREIRA, N. F. P. S. Análise e Avaliação de Riscos Ocupacionais numa Unidade de Valorização na Empresa “A Socorsul”. 2012. 168 f. Dissertação (Mestrado em Segurança e Higiene do Trabalho) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, Portugal, 2012. Disponível em: https://run.unl.pt/bitstream/10362/8549/1/Ferreira_2012.pdf. Acesso em: 14 maio 2020.

HSE – HEALTHY AND SAFETY EXECUTIVE. COSHH Essentials: Controlling Exposure to Chemicals – A Simple Control Banding Approach. Bootle, UK: HSE, 2009. Disponível em: http://www.hse.gov.uk/pubns/guidance/coshh-technical-basis.pdf. Acesso em: 13 abr. 2019.

JACKSON, H. Control Banding – Practical Tools for Controlling Exposure to Chemicals. Asian-Pacific Newsletter on Occupational Health and Safety, v. 9, p. 62-63, 2002. Disponível em: https://www.ilo.org/legacy/english/protection/safework/ctrl_banding/practools.pdf. Acesso em: 13 abr. 2019.

KIURSKI, J. S.; MARIC, B. B.; AKSENTIJEVIC, S. M.; OROS, I. B.; KECIC, V. S. Occupational harzards in printing industry. International Journal of Environmental Science and Technology, v. 13, p. 955–972, 2016. DOI 10.1007/s13762-016-0937-z. Disponível em: http://www.bioline.org.br/pdf?st16091. Acesso em: 13 dez. 2019.

LATYKI, B. L. Minimização do uso de solventes para limpeza em uma indústria química: um estudo de caso. 2018. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Engenharia de Qualidade) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2018.

LEE, E. G.; HARPER, M.; BOWEN, R. B.; SLAVEN, J. Evaluation of COSHH Essentials: methylene chloride, isopropanol, and acetone exposures in a small printing plant. The Annals of Occupational Hygiene, v. 53, n. 5, p. 463-474, 2009. DOI: 10.1093/annhyg/mep023. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19435980. Acesso em: 13 abr. 2019.

MATTOS, U.; MÁSCULO, F. (org.). Higiene e Segurança do Trabalho. Rio de Janeiro: Elsevier / ABEPRO, 2011.

MENESES, M. F. S. Estudo da exposição ocupacional à mistura de solventes orgânicos e dos efeitos para a saúde – Estudo de caso numa Indústria Química Portuguesa. 2018. 143 f. Dissertação (Mestrado em Análise e Controlo de Riscos Ambientais para a Saúde) – Instituto Superior de Engenharia de Lisboa, Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa, Instituto Politécnico de Lisboa, Lisboa, 2018. Disponível em: https://repositorio.ipl.pt/bitstream/10400.21/10197/1/Disserta%c3%a7%c3%a3o.pdf. Acesso em: 14 maio 2020.

MORRIS, B. Converting Processes. In: MORRIS, B. The Science and Technology of Flexible Packaging. 1st ed. Norwich, NY: William Andrew, 2016. p. 25-49. ISBN 978-0-323-24325-4.

MUMBY, R. Printing for Packaging. In: EMBLEM, A.; EMBLEM, H. (ed.). Packaging Technology: Fundamentals, Materials and Processes. Philadelphia: Woodhead Publishing, 2012. p. 441-489. ISBN 978-0-857-09570-1.

NUNES, E. 1.000 Perícias: Insalubridade – Periculosidade – Acidente de Trabalho – Aposentadoria Especial. Campinas: Millennium, 2019. ISBN 978-85-7625-367-9.

RIBEIRO, M. G.; PEDREIRA FILHO, W. R.; RIEDERER, E. E. Avaliação Qualitativa de Riscos Químicos: Orientações básicas para o controle da exposição a produtos químicos. São Paulo: Fundacentro, 2012. 266 p. ISBN 978-85-98117-59-1. Disponível em: http://www.fundacentro.gov.br/biblioteca/biblioteca-digital/publicacao/detalhe/2013/2/avaliacao-qualitativa-de-riscos-quimicos-orientacoes-basicas-para-o-controle-da-exposicao-a-2. Acesso em: 14 maio 2020.

RIBEIRO, M. G.; PEDREIRA FILHO, W. R.; RIEDERER, E. E. Avaliação Qualitativa de Riscos Químicos: Orientações básicas para o controle da exposição a produtos químicos em gráficas. São Paulo: Fundacentro, 2011. 123 p. ISBN 978-85-98117-61-4. Disponível em: http://www.fundacentro.gov.br/biblioteca/biblioteca-digital/publicacao/detalhe/2013/2/avaliacao-qualitativa-de-riscos-quimicos-orientacoes-basicas-para-o-controle-da-exposicao-a. Acesso em: 14 maio 2020.

SALIBA, T. M. Manual Prático de Higiene Ocupacional e PPRA: Avaliação e Controle dos Riscos Ambientais. 9. ed. São Paulo: LTR, 2018.

SANTOS, M.; ALMEIDA, A.; LOPES, C.; OLIVEIRA, T. Toxicidade dos Solventes em Contexto Laboral. Revista Portuguesa de Saúde Ocupacional On Line, v. 8, p. 1-22, 2019. DOI: 10.31252/RPSO/05.10.2019 Disponível em: https://www.rpso.pt/toxicidade-dos-solventes-em-contexto-laboral/. Acesso em: 10 dez. 2019.

SESI – SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Manual de Segurança e Saúde no Trabalho: Indústria Gráfica. São Paulo: SESI-SP, 2006. 240 p. (Coleção Manuais).

SZENTGYÖRGYVÖLGYI, R. Gravure Printing. In: IZDEBSKA, J.; THOMAS, S. (ed.). Printing on Polymers: Fundamentals and Applications. Norwich, NY: William Andrew, 2015. p. 199-215. ISBN 978-0-323-37468-2

TSAI, C.-J.; MAO, I.-F.; TING, J.-Y.; YOUNG, C.-H.; LIN, J. S.; LI, W.-L. Quality of Chemical Safety Information in Printing Industry. The Annals of Occupational Hygiene, v. 60, n. 3, p. 361-370, 2016. DOI: 10.1093/annhyg/mev079. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4886190/pdf/mev079.pdf. Acesso em: 13 dez. 2019.

VIEGAS, S. Occupational exposure to volatile organic compounds in the Portuguese printing industry. WIT Transactions on Environmental Health and Biomedicine. Wessex: WIT Press, v. 15 p. 233-239, 2011. DOI: 10.2495/EHR110211. Disponível em: https://www.witpress.com/elibrary/wit-transactions-on-biomedicine-and-health/15. Acesso em: 12 dez. 2019.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2020v1n51p9-21

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 524

Total de downloads do artigo: 327