“CHALLENGE LAB” – Um modelo pedagógico em um laboratório multidisciplinar para as Engenharias

Arnaldo Ortiz Clemente

ORCID iD Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Brasil

João Mauricio Rosario

ORCID iD Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) Brasil

Resumo

Neste artigo é proposto um laboratório, com aplicação de um modelo pedagógico, que utilize como ferramenta “meio” a Robótica, ciência multidisciplinar que possibilita o desenvolvimento prático de habilidades e competências em múltiplos saberes. Os eixos pedagógicos serão: aprendizado baseado em situação problema; aprendizado por mediação; ensino híbrido. O objetivo desta proposta é criar um ambiente inovador que leve os discentes e demais participantes a desenvolverem soluções para desafios propostos, trabalhando desde o início de sua formação com a aplicação de ferramentas de gestão (processo, produto, projeto, qualidade e inovação), antecipando assim, conhecimentos motivadores e motivacionais para seu desenvolvimento individual e coletivo, dando a verdadeira dimensão do papel do Engenheiro e sua atuação na sociedade. Busca-se aqui, um processo de aprendizagem para as Engenharias com base na harmonia entre o conceito e a visualização das teorias em práticas prazerosas e desafiadoras, mediadas por ferramentas de gestão de projeto.

Palavras-chave


Robótica; PBL; Ferramentas de Gestão; Ensino Hibrido; Mediação


Texto completo:

Referências


CARRAHER, T. N. Aprender pensando. São Paulo: Vozes, 1986.

ETHINGTON, C. A. A psychological model of student persistence. Research in Higher Education. v. 31, n. 3, p. 279-293, 1990.

FISHBEIN, M., AJZEN, I. Belief, attitude, intention and behavior: An introduction to theory and research. Reading (United States), Addison-Wesley, 1975.

MONACO, R. Mais da metade dos estudantes abandona cursos de engenharia. 2013. Disponível em: Acesso em: 02 maio 2015.

PIAGET, J. Problemas de psicologia genética. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1983.

SILVA, C. Gerações X, Y e Z e a tecnologia - A qual você pertence? 2012. Disponível em: http://migre.me/wgWlO. Acesso em: 27 maio 2015.

SILVA FILHO, R. L. L. et al, A evasão no ensino superior brasileiro. Cadernos de Pesquisa. v. 37, n. 132, p. 641-659, set/dez 2007.

SOARES, I. S. UFRJ – A engenharia de produção: Opção no vestibular, evasão, reprovação e novo vestibular. In: VI Encontro de Educação em Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Anais. 2000.

VERONEZZI, F. O choque das gerações e a evolução entre a Y e Z. Disponível em: http://migre.me/wgTTA. Acesso em: 27 maio 2015.

ZILLI, S. R. A robótica educacional no ensino fundamental: perspectivas e práticas. Dissertação de Mestrado – Programa de Pós-Graduação da Engenharia de Produção da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, 2004.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n34p93-100

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2492

Total de downloads do artigo: 1824