A qualificação do trabalhador como forma motivacional e o significado do trabalho

Regina Celi Rodrigues Souza

Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) Brasil

Anna Cecília Chaves Gomes

Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) Brasil

Resumo

Os estudos da motivação e do significado do trabalho se tornam importantes, dentro do enfoque comportamental, devido à necessidade de compreender os mecanismos que movem as pessoas para melhorar seu desempenho dentro da organização. O presente trabalho tem a finalidade de avaliar se, ao receber uma qualificação, o indivíduo se mostra mais motivado – uma vez que, teoricamente, esta seria um dos principais fatores motivacionais – e que significado o trabalho teria para esse indivíduo. Tais informações, foram obtidas por meio de questionários aplicados aos colaboradores de uma empresa Avícola de Guarabira-PB. Foram aplicados 80 questionários, sob forma de censo, no setor administrativo da empresa. Os dados foram tratados com estatísticas descritivas e testes de diferença de médias, possibilitando a análise do resultado. Com base nos resultados, ficou notável que, na realização da motivação com a qualificação, os trabalhadores informaram sentir-se motivados ao realizar qualificações e que acreditam que a empresa estimula a qualificação. No que tange ao significado do trabalho mensurado pelo IMST (Inventário de Motivação e Significado do Trabalho), os funcionários esperam que ele traga sobrevivência pessoal e familiar, assim como independência financeira.

Palavras-chave


Motivação; Significado do Trabalho; Colaboradores; Qualificação


Texto completo:

Referências


BERGAMINI, C. W. Motivação nas organizações. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1997.

________, C. W. Psicologia Aplicada à Administração de Empresas. São Paulo: Atlas, 2013.

BORGES, A , J. E. Conceituação e mensuração de comprometimento organizacional. Temas em Psicologia, n. 1, p. 37-47, 1999.

BORGES, L. O.; ALVES-FILHO, A. A mensuração da Motivação e do Significado do Trabalho. Revista Estudos de Psicologia On-line, Natal, UFRN, v. 6, n. 2, jul./dez. 2001. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413294X2001000200006. Acesso em: 27 set. 2014.

CAMARGO, T. C. C.; PEREIRA, V. M. Motivação para o trabalho. v. 1, n. 1. jan. 2004. Disponível em: http://www.publicacoes.fatea.br/index.php/janus/article/view/6/5 . Acesso em: 22 dez. 2014.

CARLOS, T. R. Geração de emprego e renda a partir da atividade avícola da empresa Guaraves Alimentos na cidade de Guarabira - PB. 2012. 32f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Geografia) – Universidade Estadual da Paraíba, Guarabira, 2012. Disponível em: http://dspace.bc.uepb.edu.br:8080/jspui/handle/123456789/1143. Acesso em: 10 dez. 2014.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia Científica: para uso dos estudantes universitários. 3. ed. São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1983.

CHIAVENATO, I. Recursos Humanos: O capital Humano das Organizações. 8 ed. São Paulo, Atlas, 2008.

GOUVÊA, M. A.; KUBO, S. Análise de fatores associados ao significado do trabalho. Re-vista de Administração, São Paulo, v.47, n. 4, p. 540-554, out./dez. 2012. Disponível em:http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S008021072012000400003&script=sci_arttext. Acesso em: 03 dez.2014.

HERZBERG, F. O conceito da higiene e os problemas do potencial humano no trabalho. In: HAMPTON, D. Conceitos de comportamento na administração. São Paulo: EPU, 1973, p. 53-62.

LEWIS, T.B; PEARSON, W. O Desenvolvimento de Organizações: Diagnóstico e Ação. São Paulo. Edgard Blücher, 1977.

MAXIMIANO, A. C. A. Teoria geral da administração: da revolução urbana à revolução digital. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2006.

MASLOW, A. H. Introdução a Psicologia do Ser. Rio de Janeiro: Livraria Eldorado Tijuca, 1966.

MCGREGOR, D. Motivação e Liderança. São Paulo: Brasiliense, 1973.

SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias. Motivação e significado do trabalho. In: SI-QUEIRA, Mirlene Maria Matias. Medidas comportamento organizacional: ferramentas de diagnóstico e de gestão. Porto Alegre: Artmed, 2008. p. 215-247.

TAMAYO, A. Valores e clima organizacionais. In: M. G. T. Paz; A. Tamayo (Orgs.). Escola, saúde e trabalho. Brasília: Editora Universidade de Brasília, p. 241-269, 2001.

XAVIER, R, A, P. Gestão de Pessoas na Prática. São Paulo: Editora Gente, 2006.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n42p11-21

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1357

Total de downloads do artigo: 1112