Uma revisão sistemática sobre as abordagens e métodos utilizados no zoneamento ecológico-econômico no Brasil

Leticia Tondato Arantes

ORCID iD Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) Brasil

Darllan Collins da Cunha e Silva

ORCID iD Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) Brasil

Roberto Wagner Lourenço

ORCID iD Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) Brasil

Resumo

O zoneamento ecológico-econômico é caracterizado como um instrumento estratégico para o desenvolvimento de sistemas de planejamento e gestão de espaços territoriais, possibilitando o desenvolvimento em bases sustentáveis. O objetivo desse estudo foi identificar os métodos utilizados para a elaboração de um zoneamento ecológico-econômico e o atual estado de investigação cientifica no Brasil, por meio de uma revisão bibliométrica sistemática. Durante a pesquisa foi estabelecida a palavra-chave denominada zoneamento ecológico-econômico para realizar o processo de busca, obtendo um conjunto de 13 artigos. Baseado nos resultados, foi possível constatar que são vários os parâmetros e zonas de manejo utilizadas para a elaboração do ZEE, variando em função de aspectos como as características da área, normas e diretrizes regionais e do objetivo do gestor. Por fim, nota-se que pesquisas acerca desse tema ainda são incipientes, indicando um campo de conhecimento com muitas oportunidades e desafios.

Palavras-chave


Gestão ambiental; Ordenamento territorial; Planejamento territorial


Texto completo:

Referências


ACSELRAD, H. O zoneamento ecológico-econômico e a multiplicidade de ordens socioambientais na Amazônia. Novos Cadernos NAEA, v. 3, n. 2, p. 5-15, 2000. DOI: http://dx.doi.org/10.5801/ncn.v3i2.32.

BACANI, V. M; LUCHIARI, A. Geoprocessamento aplicado ao zoneamento ambiental da bacia do alto rio Coxim-MS. GEOUSP Espaço e Tempo, v.18, n. 1, p. 184-197, 2014. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2014.81098.

BELLIA, V.; ROSS, SANCHES, J. L.; PEREZ, R. G.; CREPANI, E.; CASSETI, V.; MORAES, J. F. L.; ARBOCZ, G.; OLMOS, F.; MENK, J. F. R.

; MENEZES, L. A.; DELORENCI, C. C. F.; VIEIRA, C.; DIAS, R. R. Plano de zoneamento ecológico-econômico do Norte do Estado do Tocantins. Palmas: Seplan/DZE. 202 p., 2004.

BROWN, G; GLANZ, H. Identifying potential NIMBY and YIMBY effects in general land use planning and zoning. Applied Geography, v. 99, p. 1-11. DOI: https://doi.org/10.1016/j.apgeog.2018.07.026.

BRASILEIRO, R. S. Alternativas de desenvolvimento sustentável no semiárido nordestino: da degradação à conservação. Scientia Plena, v. 5, n. 5, p. 1- 12, 2009. Disponível em: https://www.scientiaplena.org.br/sp/article/view/629. Acesso em: 17 abr. 2022.

BRASIL. Decreto nº 4.297 de 10 de julho de 2002. Diário Oficial da União, Brasília: 2002. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/d4297.htm. Acesso em: 18 abr. 2022.

BRASIL. Lei nº 12.651, de 25 de maio de 2012. Institui o novo código florestal brasileiro. Brasília, 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12651.htm. Acesso em: 18 abr. 2022.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Diretrizes metodológicas para o Zoneamento Ecológico-Econômico. Brasília: MMA, 2006. Disponível em: https://antigo.mma.gov.br/gestao-territorial/zoneamento-territorial/item/7529-diretrizes-metodologicas.html. Acesso em: 17 abr. 2022.

CAIADO, R. G. C; DIAS, R. F; MATTOS, L. V; QUELHAS, O. L. G.; LEAL FILHO, W. Towards sustainable development through the perspective of eco-efficiency: a systematic literature review. Journal of Cleaner Production, v. 165, p. 890-904, 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2017.07.166.

CEMIN, G.; SCHNEIDER, V. E.; FINOTTI, A. R.; PÉRICO, E. Proposta metodológica para a elaboração de um zoneamento ambiental. Revista Brasileira de Cartografia, v. 64, n. 3, p. 301-316, 2012. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43794. Acesso em: 17 abr. 2022.

CRIVELENTI, R. C.; BUENO, C. R. P.; PIRES, J. S. R.; FRANCISCO, J.; LESSI, B. F. Ecological-economic zoning of the city of Altinópolis - SP, Brazil. Engenharia Agrícola, v. 36, n. 6, p. 1218-1228, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/1809-4430-Eng.Agric.v36n6p1218-1228/2016.

DIAS, R. R; MATTOS, J. T. Zoneamento ecológico-econômico no Tocantins: comparação de resultados usando um mesmo método em diferentes datas. Revista Brasileira de Cartografia, v. 61, n. 4, p. 351-365, 2009. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43656. Acesso em: 17 abr. 2022.

DU, X; HUANG, Z. Ecological and environmental effects of land use change in rapid urbanization: the case of Hangzhou, China. Ecological Indicators, v. 81, p. 243-251, 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ecolind.2017.05.040.

GARCÍA, P; PÉREZ, M. E; GUERRA, A. Using TM images to detect soil sealing change in Madrid (Spain). Geoderma, v. 214-215, p. 135-140, 2014. DOI: https://doi.org/10.1016/j.geoderma.2013.09.017.

GONG, J.; JIANG, C.; CHEN, W.; CHEN, X.; LIU, Y. Spatiotemporal dynamics in the cultivated and built-up land of Guangzhou: insights from zoning. Habitat International, v. 82, p. 104-112, 2018. DOI: https://doi.org/10.1016/j.habitatint.2018.10.004.

COOMBES, E. G.; JONES, A. P.; SUTHERLAND, W. J. The biodiversity implications of changes in coastal tourism due to climate change. Environmental Conservation, v. 35, n. 4, p. 319-330, 2008. DOI: https://dx.doi.org/10.1017/S0376892908005134.

DONTHU, N.; KUMAR, S.; MUKHERJEE, D.; PANDEY, N.; LIM, W. M. How to conduct a bibliometric analysis: an overview and guidelines. Journal of Business Research, v. 133, p. 285-296, 2021. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2021.04.070.

LAURANCE, W. F.; SAYER, J.; CASSMAN, K. G. Agricultural expansion and its impacts on tropical nature. Trends in Ecology & Evolution, v. 29, n. 2, p. 107-116, 2014. DOI: https://doi.org/10.1016/j.tree.2013.12.001.

LAWLER, J. J.; LEWIS, D. J.; NELSON, E.; PLANTINGA, A. J.; POLASKY, S.; WITHEY, J.; HELMERS, D. P.; MARTINUZZI, S.; PENNINGTON, D.; RADELOFF, V. C. Projected land-use change impacts on ecosystem services in the United States. Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), v. 111, n. 20, p. 7492-7497, 2014. DOI: https://doi.org/10.1073/pnas.1405557111.

LIU, J.; JIN, X.; XU, W.; FAN, Y.; REN, J.; ZHANG, X.; ZHOU, Y. Spatial coupling differentiation and development zoning trade-off of land space utilization efficiency in Eastern China. Land Use Policy, v. 85, p. 310-327, 2019. DOI: https://doi.org/10.1016/j.landusepol.2019.03.034.

LV, T.; WANG, L.; XIE, H.; ZHANG, X.; ZHANG, Y. Exploring the global research trends of land use planning based on bibliometric analysis: current status and future prospects. Land, v. 10, v. 3, n. 304, 2021. DOI: https://doi.org/10.3390/land10030304.

MAGANHOTTO, R. F.; SOUZA, L. C. P.; OLIVEIRA JUNIOR, J. C.; LOHMANN, M. Proposta de zoneamento ambiental para a reserva biológica das araucárias com base em atributos topográficos. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 13, n. 6, p. 3025-3041, 2020. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.6.p3025-3041.

MAGLIOCCA, N. R.; RUDEL, T. K.; VERBURG, P. H.; MCONNELL, W. J.; MERTZ, O.; GERSTNER, K.; HEINIMANN, A.; ELLIS, E. C. Synthesis in land change science: methodological patterns, challenges, and guidelines. Regional Environmental Change, v. 15, p. 211-226, 2015. DOI: https://doi.org/10.1007/s10113-014-0626-8.

MENDONÇA-SANTOS, M. L.; MOURA-BUENO, J. M.; FRANÇA, V. L.; FREIRE, G. C.; ZONTA, J. B. Aplicação de técnicas de mapeamento digital de solos no âmbito do zoneamento ecológico-econômico do bioma Amazônia no Maranhão. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento, n. 3. São Luís: Embrapa Cocais, 2020. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/220326/1/Boletim-03-ZEE-MA-1-final.pdf. Acesso em: 20 abr. 2022.

OLIVEIRA, P. T. S.; ALVES SOBRINHO, T.; RODRIGUES, D. B. B.; PANACHUKI, E. Zoneamento ambiental aplicado à conservação do solo e da água. Revista Brasileira Ciência do Solo, v. 35, n. 5, p. 1723-1734, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-06832011000500027.

PEREIRA, J. R., FERREIRA, P. A.; BOAS, A. A. V.; OLIVEIRA, E. R.; CARDOSO, R. F. Gestão social dos territórios da cidadania: o zoneamento ecológico-econômico como instrumento de gestão do território noroeste de Minas Gerais. Cadernos EBAPE.BR, v. 9, n. 3, p. 724-747, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S1679-39512011000300004.

TAGLIANI, C. R. Zoneamento ecológico-econômico da zona sul do estado do Rio Grande do Sul. DeMA: Desenvolvimento e Meio Ambiente, v. 38, p. 303-324, 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/dma.v38i0.46044.

THOMAS, B. L. Proposta de zoneamento ambiental para o município de Arroio do Meio - RS. Raega: O Espaço Geográfico em Análise, v. 24, p. 199-226, 2012. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/26215. Acesso em: 17 abr. 2022.

ROVANI, F. F. M; SARTORI, M. G. B; CASSOL, R. Zoneamento ecológico-econômico de Barão de Cotegipe, RS: potencialidade para o ordenamento do território. Revista Brasileira de Cartografia, v. 66, n. 1, p. 137-151, 2014. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/43902. Acesso em: 17 abr. 2022.

ROVANI, F; VIERA, M. Zoneamento ecológico-econômico de Silveira Martins - RS. Boletim Goiano de Geografia, v. 37, n. 1, p. 140- 157, 2017. DOI: https://doi.org/10.5216/bgg.v37i1.46249.

RUFFATO-FERREIRA, V. J.; BESER, L.; BERRÊDO-VIANNA, D.; FRANÇA, C.; NASCIMENTO, J.; FREITAS, M. Zoneamento ecológico-econômico como ferramenta para a gestão territorial integrada e sustentável no Município do Rio de Janeiro. Eure (Santiago), v. 44, n. 131, p. 239-260, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.4067/S0250-71612018000100239.

SADECK, L. W. R; LIMA, A. M. M; ADAMI, M. Artificial neural network for ecological-economic zoning as a tool for spatial planning. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 52, n. 11, p. 1050-1062, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-204X2017001100011.

SALVATI, L.; ZAMBON, I.; CHELLI, F. M.; SERRA, P. Do spatial patterns of urbanization and land consumption reflect different socioeconomic contexts in Europe. Science of The Total Environment, v. 625, p. 711-730, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.1016/j.scitotenv.2017.12.341.

SANKHALA, S; SINGH, B. Evaluation of urban sprawl and land use land cover change using remote sensing and GIS techniques: a case study of Jaipur City, India. International Journal of Emerging Technology and Advanced Engineering, v. 4, n. 1, p. 66-72, 2014.

SANTOS, R. F. Planejamento ambiental: teoria e prática. São Paulo: Oficina de Textos, 2004.

SILVA NETO, J. C. A. Zoneamento ambiental como subsídio para o ordenamento do território da bacia hidrográfica do Rio Salobra, Serra da Bodoquena - MS. Raega: O Espaço Geográfico em Análise, v. 32, p.119-142, 2014. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/raega/article/view/33263. Acesso em: 17 abr. 2022.

SILVA, L. F.; CUNHA, E. R.; BACANI, V. M. Zoneamento ambiental de bacia hidrográfica ocupada por assentamento rural: estudo de caso do Córrego Indaiá - MS. Geografia Ensino & Pesquisa, v. 22, p. 1-12, 2018. DOI: https://doi.org/10.5902/2236499427352.

VERBURG, P. H. et al. Land system science and sustainable development of the earth system: a global land project perspective. Anthropocene, v.12, p. 29-41, 2015. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ancene.2015.09.004.

ZHANG, W.; LI, W.; ZHANG, C.; OUIMET, W. B. Detecting horizontal and vertical urban growth from medium resolution imagery and its relationships with major socioeconomic factors. International Journal of Remote Sensing, v. 38, n. 12, p. 3704-3734, 2017. DOI: https://doi.org/10.1080/01431161.2017.1302113.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-0306a2021id6439

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 110

Total de downloads do artigo: 50