Engenharia de requisitos em projetos ágeis: uma revisão sistemática da literatura

Juliana Dantas Ribeiro Viana de Medeiros

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Brasil

Daniela C. P. Alves

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Brasil

Alexandre Marcos Lins de Vasconcelos

ORCID iD Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Brasil

Carla Taciana Lima Lourenço Silva Schuenemann

Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Brasil

Eduardo Wanderley

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) Brasil

Resumo

Nos últimos anos, percebe-se um interesse crescente, da indústria e da academia, na utilização de metodologias ágeis como estratégia para minimizar problemas no desenvolvimento de software, tais como expectativas do cliente não atendidas e dificuldades em estimar prazo e orçamento. Apesar disso, pouco ainda se sabe sobre como a engenharia de requisitos está sendo conduzida em conjunto com essas metodologias. Nesse contexto, o objetivo desta pesquisa é investigar como a engenharia de requisitos e as metodologias ágeis vêm sendo utilizadas conjuntamente em projetos de desenvolvimento de software aplicados na indústria. Para isso, foi realizada uma revisão sistemática da literatura, que encontrou 24 estudos primários relevantes, cujos dados foram extraídos e sintetizados. Essa revisão identificou as técnicas e processos de engenharia de requisitos que estão sendo mais utilizados no contexto de desenvolvimento ágil e os principais problemas e limitações encontrados. A síntese dos dados apontou que a falta de envolvimento do usuário associada às características das atuais técnicas utilizadas para especificar requisitos e suas constantes mudanças são os principais desafios a serem superados.

Palavras-chave


Engenharia de Requisitos; Metodologias Ágeis; Revisão Sistemática da Literatura


Texto completo:

Referências


BECK, K. et al. Manifesto for Agile Software Development. 2001. Disponível em: http://www.agilemanifesto.org/. Acesso em: 16 out. 2015.

CRUZES, D. S.; DYBÅ, T. Recommended steps for thematic synthesis in software engineering. In: INTERNATIONAL SYMPOSIUM ON EMPIRICAL SOFTWARE ENGINEERING AND MEASUREMENT, 5., 2011, Banff, Canada. Proceedings… Banff: IEEE, 2011.

DYBÅ, T.; DINGSØYR, T. Empirical studies of agile software development: a systematic review. Information and Software Technology, v. 50, n. 9, p. 833-859, 2008.

HASTIE, S.; WOJEWODA, S. Standish Group 2015 Chaos Report - Q&A with Jennifer Lynch. 2015. Disponível em: http://www.infoq.com/articles/standish-chaos-2015. Acesso em: 23 dez. 2015.

INSTITUTE OF ELECTRICAL AND ELECTRONICS ENGINEERS – IEEE. IEEE Guide for Software Requirements Specifications. New York: IEEE, 1984.

INSTITUTE OF ELECTRICAL AND ELECTRONICS ENGINEERS – IEEE. IEEE Recommended Practice for Software Requirements Specifications: IEEE Std. 830-1998. New York: IEEE, 1998.

JAQUEIRA, A.; ANDREOTTI, E.; LUCENA, M.; ARANHA, E. Desafios de requisitos em Métodos Ágeis: uma revisão sistemática. In: WORKSHOP BRASILEIRO DE MÉTODOS ÁGEIS, 3., 2012, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, 2012.

KAMEI, F. K. Benefícios e Limitações das Metodologias Ágeis no Desenvolvimento de Software. 2012. 296 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012.

KITCHENHAM, B. A.; CHARTERS, S. Guidelines for performing Systematic Literature Reviews in Software Engineering: Version 2.3. EBSE Technical Report. Keele, UK: Keele University, 2007.

KOTONYA, G.; SOMMERVILLE, I. Requirements Engineering: processes and techniques. Chichester, England: John Wiley, 1998.

LIKERT, R. A Technique for the Measurement of Attitudes. Archives of Psychology, v. 22, n. 140, p. 1-55, 1932.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

MEDEIROS, J. D. R. V.; ALVES, D. C. P.; VASCONCELOS, A. M. L.; SILVA, C.; WANDERLEY, E. Requirements engineering in agile projects: a systematic mapping based in evidences of industry. In: IBERO-AMERICAN CONFERENCE ON SOFTWARE ENGINEERING (CIBSE), 18., 2015, Lima, Peru. Proceedings… Lima: SPC, 2015.

READ, A.; BRIGGS, R. O. The many lives of an agile story: design processes, design products, and understandings in a large-scale agile development project. In: HAWAII INTERNATIONAL CONFERENCE ON SYSTEM SCIENCE, 45., 2012, Hawaii. Proceedings… Hawaii: IEEE, 2012.

SOMMERVILLE, I. Software Engineering. 7. ed. Boston: Addison Wesley, 2007.

THAYER, R. H.; DORFMAN, M. (Eds.). Software Requirements Engineering. 2. ed. Los Alamitos, CA, USA: IEEE Computer Society Press, 1997.

TRAVASSOS, G.; BIOLCHINI, J. Revisões Sistemáticas Aplicadas a Engenharia de Software. In: BRAZILIAN SYMPOSIUM ON SOFTWARE ENGINEERING, 21., 2007, João Pessoa, PB. Anais… João Pessoa, PB: SBC, 2007.

VERSIONONE. The 9th Annual State of Agile Report. 2015. Disponível em: http://info.versionone.com/state-of-agile-developmentsurvey-ninth.html. Acesso em: 5 out. 2015.

WOHLIN, C. Guidelines for snowballing in systematic literature studies and a replication in software engineering. In: Proceedings of the 18th International Conference on Evaluation and Assessment in Software Engineering, New York: ACM, 2014.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n28p11-24

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 3445

Total de downloads do artigo: 1822