Produção de biodiesel metílico de soja com o auxílio de um coletor solar sustentável

Luiz Antonio Pimentel Cavalcanti

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) Brasil

Resumo

A busca por fontes de energia alternativas tem aumentado substancialmente na última década, devido à expectativa de diminuição gradativa das reservas de petróleo e aumento da preocupação com as questões ambientais. O biodiesel vem se consolidando como potencial substituto para o diesel, porém um dos gargalos da produção ainda é o custo operacional. Uma alternativa ao processo é utilizar coletores solares para realizar o aquecimento da reação de transesterificação. O presente trabalho propôs a construção de um protótipo de coletor solar constituído de matérias potencialmente recicláveis como garrafas PET e embalagens do tipo Tetra Pak. As garrafas PET foram recortadas na sua parte inferior para um encaixe futuro, tendo como função a proteção da parte absorvedora do painel do protótipo. As embalagens Tetra Pak foram pintadas de preto fosco em apenas um dos lados com intuito de absorver com maior eficiência os raios solares. Após a construção do coletor, foram realizados testes de aquecimento para verificar se este forneceria a temperatura mínima desejada para haver a reação de transesterificação. O perfil de ésteres presentes no biodiesel bem como o seu teor de éster foram avaliados por cromatografia gasosa e seu valor enquadrado na Resolução ANP N° 45 de 2014.

Palavras-chave


Biodiesel; Coletores Solares; Energia Solar.


Texto completo:

Referências


BRASIL. Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis. Resolução nº 45, de 25 de agosto de 2014. Disponível em: http://nxt.anp.gov.br/NXT/gateway.dll/leg/resolucoes_anp/2014/agosto/ranp45 - 2014.xml. Acesso em: 14 abr. 2015.

AGENEAL. Energias Renováveis. Disponível em: http://www.ageneal.pt/content01.asp?BTreeID=00/01&treeID=00/01&newsID=8. Acesso em: 30 mar. 2014.

ALANO, J. A. Manual sobre a construção e instalação do aquecedor solar com descartáveis. Disponível em: http://josealcinoalano.vilabol.uol.com.br/manual.htm. Acesso em: 13 fev. 2014.

ALAMSYAH, R.; TAMBUNAN, A. H.; PURWANTO, Y. A.; KUSDIANA, D. Comparison of static-mixer and blade agitator reactor in biodiesil production. Agric. Eng. Inter.: the CICR E journal, v. 12, n. 1, mar. 2010.

ALVES, M. X. B.; MARTINIANO JR., A.; DRUMMOND, A. R. F.; PEREIRA, F. S. G.; MELO, G. O.; MELO, J. A.; ALMEIDA, L. M.; Biodiesel de óleo de fritura: Inclusão social e menos poluição em regiões metropolitanas. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MAMONA, 4.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE OLEAGINOSAS ENERGÉTICAS, 1., João Pessoa. Anais... Campina Grande: Embrapa Algodão, 2010. p. 24-29.

CAVALCANTI, L. A. P. Reologia e melhoramento das propriedades de escoamento a frio de biodiesel e suas misturas BX. 2013. 209 f. Tese (Doutorado em Engenharia Química) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2013.

DUHAM M. T.; IVERSON, B. D. High-efficiency thermodynamic power cycles for concentrated solar power systems. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 30, p. 758-770, 2014.

KNOTHE, G.; GERPEN, J. V.; KRAHL, J.; RAMOS, L. P. Manual de Biodiesel. São Paulo: Edgard Blucher, 2006.

MOSER, B. R. Biodiesel production, properties, and feedstocks. Vitro Cell. Des. Biol.-Plant, v. 45, n. 3, p. 229-266, 2009.

RAMÍREZ-VERDUZCO, L. F.; RODRÍGUEZRODRÍGUEZ, J. E.; JARAMILLO-JACOB, A. R. Predicting cetane number, kinematic viscosity, density and higher heating value of biodiesel from its fatty acid methyl ester composition. Fuel, v. 91, n. 1, p. 102-111, 2012.

SCHUCK, M. L. R. Coletor solar para préaquecimento do ar em sistemas de secagem, estudo de caso – cura do tabaco. 2012. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil)–Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2012.

ULLON, V. L. N. Aquecedor solar com recicláveis. Engenharia elétrica UNIOESTE, Foz do Iguaçu, jul. 2007. Disponível em: http://www.ebah.com.br/content/ABAAAADbkAC/aquecedor-solar#>. Acesso em: 04 dez. 2013.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n29p105-109

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2453

Total de downloads do artigo: 1604