Causas das dificuldades de aprendizagem em Matemática: percepção de professores e estudantes do 3º ano do Ensino Médio

Marina Buzin Pacheco

ORCID iD Secretaria Municipal de Educação de Lages (SC) Brasil

Greice da Silva Lorenzzetti Andreis

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) Brasil

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo conhecer algumas das possíveis causas associadas às dificuldades de aprendizagem em Matemática. A partir de uma pesquisa de campo, realizada por meio de questionários a alunos concluintes do Ensino Médio, e seus respectivos professores de Matemática, buscou-se responder às seguintes inquietações: Por que a Matemática é um dos componentes curriculares em que os alunos apresentam maior dificuldade? Como essas dificuldades podem ser superadas, mediante o conhecimento de suas causas? A partir de uma revisão na literatura, identificaram-se algumas das causas, como a capacitação dos professores que atuam nas séries iniciais, a influência da família e as metodologias adotadas por professores de Matemática. Com a pesquisa de campo, evidenciou-se que as dificuldades ainda podem estar relacionadas à falta de compreensão e interpretação, ao aprendizado superficial e a problemas de concentração.

Palavras-chave


Dificuldades de Aprendizagem; Aprendizagem; Matemática


Texto completo:

Referências


ALMEIDA, B. et al. Formação em Pedagogia e universo de atuação docente nos anos iniciais. Revista Diálogo Educacional, v. 12, n. 37, p. 953-976, 2012.

BESSA, K. P. Dificuldades de aprendizagem em matemática na percepção de professores e alunos do ensino fundamental. Universidade Católica de Brasília, 2007. Disponível em: http://www.ucb.br/sites/100/103/TCC/22007/KarinaPetriBessa.pdf. Acesso em: 11 abr. 2014.

BOLZAN, D. P. V. Formação de professores: compartilhando e reconstruindo conhecimentos. 2. ed. Porto Alegre: Mediação, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: Matemática. Brasília, 1997.

BRASIL. Congresso. Senado. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9394/96. Brasília, 1996.

BRUM, W. P. Crise no ensino de matemática: amplificadores que potencializam o fracasso da aprendizagem. São Paulo: Clube dos Autores, 2013.

CUNHA, M. I. A relação professor-aluno. In: VEIGA, I. P. A. (Org.). Repensando a didática. 27. ed. Campinas: Papirus, 2009.

CUNHA, D. R.; COSTA, S. S. C. A Matemática na formação de professores das séries iniciais do ensino fundamental: relações entre a formação inicial e a prática pedagógica. In: III MOSTRA DE PESQUISA DA PÓS-GRADUAÇÃO, 2008, Porto Alegre. Anais eletrônicos... Porto Alegre: PUCRS, 2008. Disponível em: http://www.pucrs.br/edipucrs/online/IIImostra/EducacaoemCienciaseMatematica/62905%20-%20DEISE%20ROOS%20CUNHA.pdf. Acesso em: 10 out. 2014.

D’ AMBROSIO, U. Educação matemática da teoria à prática. 22. ed. Campinas-SP, Papirus, 2011.

DUHALDE, M. E.; GONZÁLEZ, M. T. C. Encontros iniciais com a matemática: contribuições à educação infantil. Porto Alegre: Artmed, 1998.

FIORENTINI, D. A pesquisa e as práticas de formação de professores de matemática em face das Políticas Públicas no Brasil. Boletim de Educação Matemática, Rio Claro-SP, v. 21, n. 29, p. 43-70, 2008.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. 3. ed. Campinas: Autores Associados, 2012.

FONSECA, J. S.; MARTINS, G. A. Curso de estatística. 6 ed. São Paulo: Atlas, 2011.

LIMA, E. L. Sobre o ensino da matemática. Revista do Professor de Matemática, n. 28, 1995.

LORENZATO, S. Para aprender matemática. 3. ed. Campinas: Autores Associados, 2010.

MACHADO, I. A. Algumas dificuldades do ensino da matemática na 7ª série do ensino fundamental. Universidade Católica de Brasília, 2005. Disponível em: http://www.ucb.br/sites/100/103/TCC/12005/IveteAlvesMachado.pdf. Acesso em: 11 abr. 2014.

MARTINS, J. S. Situações práticas de ensino e aprendizagem significativa. 1. ed. Campinas: Autores Associados, 2009.

OLIVEIRA, E. A. C.; OLIVEIRA, M. F. A. Dificuldades apresentadas por alunos do ensino fundamental da disciplina em matemática. Revista Práxis, ano 2, n. 5, 2011.

SÁ, R. O ensino da matemática nas séries inicias. Infoescola: navegando e aprendendo. 2012. Disponível em: http://www.infoescola.com/educacao-matematica/o-ensino-da-matematica-nas-series-iniciais/. Acesso em: 18 maio 2014.

TATTO, F.; SCAPIN, I. J. Matemática: por que o nível elevado de rejeição? Revista de Ciências Humanas, v. 5, n. 5, p. 1-14, 2004.

TOMAZ, V. S.; DAVID, M. M. M. S. Interdisciplinaridade e aprendizagem da matemática em sala de aula. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

VASCONCELLOS, C. S. Construção do conhecimento em sala de aula. 11. ed. São Paulo: Libertad, 2000.

WIETHAUS, L. T. Dificuldades de aprendizagem no ensino de 1ª e 4º série. Caxias do Sul, RS, 1985. 59f. Monografia (Especialização em Desenvolvimento motor de 1ª e 4ª série) – Universidade de Caxias do Sul, 1985.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n38p105-119

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 10307

Total de downloads do artigo: 48549