Uso de plantas medicinais por usuários da atenção básica de saúde no município de Tavares-PB

Dayana Leite da Silva

IFPB Campus Princesa Isabel Brasil

Zenaide Gomes da Silva

IFPB Campus Princesa Isabel Brasil

Lucila Karla Felix Lima de Brito

IFPB Campus Princesa Isabel Brasil

Resumo

This study focused on the use of herbal medicine in the municipality of Tavares (PB). The objective was to verify the use of phytotherapeutic treatment by users of basic health care in the municipality of Tavares (PB) and in compliance with recommendations of the Brazilian Pharmacopoeia. The work had the Basic Health Units – UBSs as locus. 100 semistructured interviews were conducted among users of the Basic Health Units between October and December 2016. Data were submitted to a non-parametric statistical analysis, at a significance level of 95%. As a result, 49% stated that they had chronic diseases, and arterial hypertension (44.07%) was the most cited one. The majority (62.50%) did not define medicinal plants and / or herbal medicines, but the majority (86%) responded to make use of them. Those who claimed to use medicinal plants cited 71 names and, in average, each respondent cited 4.49 (± 2.94). The most cited name was “cidreira” (13.83%). 42.71% reported having known the use of herbal medicines by mothers. There was no significant difference in the use of medicinal plants as a function of the municipal area (χ2 = 0,442, p = 0,506), of sex χ2 = 0,169; P = 0.506) and the health condition (χ2 = 2.719, p = 0.099). Regarding the number of names of plants with herbal properties mentioned, there was no significant difference as a function of the municipal area (U = 679.5, p = 0.2). However, there was a significant difference in relation to sex (U = 786.0, p = 0.033) and health status (U = 939.5, p = 0.031). Furthermore, a positive correlation (rss = 0.308; p = 0.002) was obtained between age and number of plant names cited. It is concluded that the users of basic health care in the municipality of Tavares (PB) use medicinal plants and the knowledge of their properties has a maternal origin. Female, older and self-reported chronic patients tended to cite a greater number of names of medicinal plants. More therapeutic actions of the mentioned medicinal plants were mentioned than the recommendations.

Palavras-chave


plantas medicinais; atenção básica de saúde; medicamentos fitoterápicos


Texto completo:

Referências


ALBUQUERQUE, U. P. Introdução à etnobotânica. 2. ed. Rio de Janeiro: Editora Interciência, 2005. 93p.

ASSIS, M. M. A.; JESUS, W. L. A. Acesso aos serviços de saúde: abordagens, conceitos, políticas e modelo de análise. Ciência & Saúde Coletiva, v. 17, n. 11, p. 2865-2875, 2012. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/csc/v17n11/v17n11a02.p df>. Acesso em: 29 abr. 2017.

ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Formulário de Fitoterápicos da Farmacopeia Brasileira. Brasília: Anvisa, 2011. 126p. Disponível em:. Acesso em: 06 ago. 2017.

______.______. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Memento Fitoterápico da Farmacopéia Brasileira. Brasília: Anvisa, 2016.

BRASIL. Ministério da Saúde de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica. Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Brasília: Ministério

da Saúde, 2006. Disponível em: < http://www.mda.gov.br/sitemda/sites/sitemda/files/user_arquivos_64/Pol%C3%ADtica_Nacional_de_Plantas_Medicinais_e_Fitoter%C3%A1picos.pdf>. Acesso em: 06 ago. 2017.

______. Secretaria de Políticas de Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Medicamentos. Brasília: Ministério da

Saúde, 2001. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2016.

FLOR, A. S. S. O.; BARBOSA, W. L. R. Sabedoria popular no uso de plantas medicinais pelos moradores do bairro do sossego no distrito de Marudá – PA. Rev. Bras. Pl. Med., Campinas, v.17, n. 4, p.757-

, 2015.

GRAY, D. I. Pesquisa no Mundo Real. 2. ed. Penso: Porto Alegre. 2009.

HOEFFEL, J. et al. Conhecimento tradicional e uso de plantas medicinais nas APAS’S Cantareiras/SP e Fernão dias/MG. Revista Vitas, n. 1, set. 2011. Disponível em: http://www.uff.br/revistavitas/images/artigos/HOEFFEL%20et%20al.%20CONHECIMENTO%20TRADICIONAL%20E%20USO%20DE%20PLANTAS%20MEDICINAIS.pdf >. Acesso em: 06 ago. 2017.

LIMA, D. F. et al. Conhecimento e uso de plantas medicinais por usuários de duas unidades básicas de saúde. Rev. Rene, v. 15, n. 3, p. 383-390, 2014.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Fitoterápicos. 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2017.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde do Brasil. 2016. Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2017.

OLIVEIRA, F. C. de. et al. Avanços nas pesquisas etnobotanicas no Brasil. Acta Bot. Bras.,v. 23, n. 2, p. 590-605, 2009.

OLIVEIRA, F. J.; ROCHA, A. D. O conhecimento dos moradores da comunidade rural de São José, no município de Esmeraldas-MG, sobre o uso de plantas medicinais cultivadas em domicílio. Revista Brasileira de Ciências da Vida, [S.l.], v. 5, n. 2, jul. 2017. ISSN 2525-359X. Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2017.

SIAB. Sistema de Informação da Atenção Básica. Informações estatísticas. Disponível em:. Acesso em: 31 ago. 2016.

SANTOS, R. L. et al. Análise sobre a fitoterapia como prática integrativa no Sistema Único de Saúde. Rev. Bras. Pl. Med. Botucatu, v. 13, n. 4, p. 486-491, 2011.

ZUCCHI, M. R. et al. Levantamento etnobotânico de plantas medicinais na cidade de Ipameri – GO. Rev. Bras. Pl. Med., v. 15, n. 2, p. 273-279, 2013.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n38p129-137

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2116

Total de downloads do artigo: 1222