Implantação de métodos de tratamento para combater as eflorescências

Iracira José da Costa Ribeiro

Instituto Federal da Paraíba - Campus Monteiro Brasil

Gerson Emídio Barbosa

Instituto Federal da Paraíba - Campus Monteiro

Osmando da Silva

Instituto Federal da Paraíba - Campus Monteiro

Débora Thais Rodrigues de Araújo

Instituto Federal da Paraíba - Campus Monteiro

Adri Duarte Lucena

Instituto Federal da Paraíba - Campus Monteiro

Resumo

The saline deposits that form on the surfaces of the pieces, occurring more frequently in coatings and masonry, are called efflorescences. This phenomenon occurs due to the coexistence of moisture, soluble salts, porosity of materials and the possibility of evaporation. It is considered a damage because it changes the appearance of the element where it is deposited, but there are cases in which the constituent salts can be aggressive and may cause deep degradation, mainly when they are inside the parts, exerting expansion. Efflorescences in masonries are common in the city of Monteiro-PB. Before, the houses most affected were those that were located near the river, but there are reports that set out the evidence of efflorescence throughout the city due to poor execution of the foundations of buildings, or even the carrying of materials with a great quantity of salt. The aim of this study is to implement methods of treatment of efflorescence in a residence and analyze how these methods will work in the face of the problem. The methods will be observed in the course of time considering the recurring moisture characteristics in the building. So far no moisture spots and salts have appeared on the observed masonry, denoting the efficiency of the methods.

Palavras-chave


Salinity. Efflorescence. Electro-osmosis. Waterproofing. Monteiro-PB


Texto completo:

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 9575: Impermeabilização: seleção e projeto. Rio de Janeiro, 2010.

AHMAD, A. G.; RAHMAN, H. F. A. Treatment of Salt Attack and Rising Damp in Heritage Buildings in Penang, Malaysia. Journal of Construction in Developing Countries, v. 15, n. 1, p. 93–113, 2010.

ASSIS, C. S. de. Modelo de gerenciamento integrado de resíduos sólidos urbanos: uma contribuição ao planejamento urbano. Tese (Doutorado em Geociências e Meio Ambiente) Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências exatas, Rio Claro, 2002.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA. Manual de métodos de análise de solo. 2 ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA, 1997. 212 p.

FERNANDES, P. H. C. Estudo sobre a influência do massará no processo de formação de salitre em rebocos na região de Teresina – PI. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

FERREIRA, C. C. e BERGMANN, C. P. Formação da eflorescência em cerâmica vermelha: fatores de influência no transporte dos íons SO42- e Ca2+. Cerâmica, v. 57, n. 343, p. 356-363, São Paulo, 2011.

GEWEHR, U. Aplicabilidade e eficiência de dois métodos de

saneamento de paredes degradadas por umidade e sais a partir de uma revisão bibliográfica e de um estudo de caso. 179 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia). Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

GONÇALVES, T. D.; RODRIGUES, J. D. Argamassas de Revestimento para paredes afectadas por cristalização de sais solúveis: influência do substrato. In: 3º Congresso Português de Argamassas de Construção, Lisboa, LNEC, 2010.

HENRIQUES, F. M. A. Umidade em paredes. Lisboa: Laboratório Nacional de Engenharia Civil, 1995.

LEITE, J. R. P.; SILVA, A. M. L.; RIBEIRO, I. J. C. Análises patológicas nas residências da cidade de Monteiro – PB. In: VIII CONGRESSO NORTE NORDESTE DE PESQUISA E INOVAÇÃO,

Salvador, 2013. Anais... Salvador: IFBA, 2013.

LIMA, J. L. de A.; PASSOS, F. U.; COSTA, D. B. Processo integrado de projeto, aquisição e execução de sistemas de impermeabilização em edifícios residenciais. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 13, n. 3, p. 59-77, jul./set, 2013.

LINHARES, B. et al. Humidade em Edifícios Intervenções. 28 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil)–Faculdade de Engenharia, Universidade do Porto, 2012.

MARQUES, M. T. Mágica eletrolítica. Revista Construção Norte e

Nordeste, 191, p. 15-16, 1989.

PUIM, P. G. A. C. Controlo e reparação de anomalias devidas à presença de sais solúveis em edifícios antigos, 95 f. Dissertação

(Mestrado em Engenharia Civil) – Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa, 2010.

RIBEIRO. A. G. Ação de sais minerais solúveis em alvenaria de tijolos cerâmicos no município de Petrolina- PE, 144p. Dissertação

(mestrado em Engenharia Civil) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2013.

RIBEIRO, I. J. C. Os sais solúveis na construção civil. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil). Centro de Ciências e Tecnologia. Universidade Federal da Paraíba, Campina Grande, 1996.

RICHARDS, L. A. et al. Diagnosis and improvement of saline and alkali soils. Washington: United States Salinity Laboratory,

p. USDA. Agriculture Handbook, 60, 1954.

SILVA, E. F. F. Manejo de fertirrigação e controle da salinidade da cultura do pimentão utilizando extratores de soluções de solo. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) Escola Superior de Agricultura Luis Queiroz, Piracicaba, 2002.

SOCOLOSKI, R.F. Tratamento de Umidade Ascensional em Paredes Através de Barreiras Químicas por Gravidade. Dissertação Mestrado

em Engenharia Civil) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, UFRGS, Porto Alegre, 2015.

TAGUCHI, M. K. Avaliação e qualificação das patologias das alvenarias de vedação nas edificações. Dissertação (Mestrado em Construção Civil) – Universidade Federal do Paraná, 84 f, Curitiba, 2010.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n38p43-53

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1472

Total de downloads do artigo: 6937