Teoria do capital humano, educação, desenvolvimento econômico e suas implicações na formação de professores

Antonio Cabral Neto

ORCID iD Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Brasil

Claudia Luciene de Melo Silva

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Brasil

Lamara Fabia Lucena silva

ORCID iD Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) Brasil

Resumo

A discussão proposta neste artigo parte do pressuposto de que a forma de estruturação das políticas apresentadas pelo Estado, dentro de seu papel social, está relacionada diretamente a uma ideologia econômica que perpassa todos os níveis e se justifica numa lógica de acumulação capitalista e desenvolvimento econômico. Pretende-se, também, apresentar uma análise sobre como a ideologia, num contexto histórico dominante do empoderamento das forças e produtos, relaciona a educação à economia, vinculando uma aos objetivos da outra. Para alcançar o pressuposto, este artigo está estruturado em duas partes. Na primeira, será apresentada a teoria do capital humano em suas concepções gerais e, a segunda, dispõe de uma contextualização sobre como a Teoria do Capital Humano (TCH), dentro de uma ideologia neoliberal, traz implicações para a política de formação dos profissionais da educação através de diversos mecanismos.

Palavras-chave


Educação; Formação Docente; Desenvolvimento; Capital Humano


Texto completo:

Referências


AGUIAR, Letícia Carneiro. Formação docente, política curricular e a reedição da teoria do capital humano no Brasil. 2012. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/educacao/article/view/5372. Acesso em: 25 mai 2016.

BANCO MUNDIAL; CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA. Conhecimento e inovação para a competitividade. Brasília, 2008.

BRZEZINSKI, Iria. Sujeitos Sociais Coletivos e a política de formação inicial e continuada emergencial de professores: contradições vs conciliações. Educ. Soc, Campinas, v. 35, n. 129, p. 1241-1259, out./dez. 2014.

BRAVERMAN, H. Trabalho e capital monopolista: a degradação do trabalho no século XX. Rio de Janeiro: Zahar, 1977.

BRESSER PEREIRA, Luiz Carlos. A reforma do estado dos anos 90: lógica e mecanismos de controle. Lua Nova, n. 45, p. 49-96, 1998.

CABRAL NETO, Antônio; OLIVEIRA, Dalila Andrade; VIEIRA, Lívia Fraga (Orgs). Trabalho Docente: desafios no cotidiano da Educação Básica. Campinas/São Paulo: Mercado de Letras, 2013.

CARNOY, Martin. Mundialização e reforma da educação: o que os planejadores devem saber. Brasília: UNESCO.

CHAUÍ, Marilena de Souza. O que é ideologia. Coleção primeiros passos. São Paulo: Brasiliense, 2001.

DOURADO, Luiz Fernando e Cols. Diretrizes Curriculares Nacional para a Formação Inicial e Continuada dos Profissionais do Magistério da Educação Básica. CNE/CP 02/2015. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=17625-parecer--cne-cp2-2015-aprovado-9-junho-2015&category_slug=junho-2015pdf&Itemid=30192. Acesso em: 20 ago. 2015.

FREIRE, Paulo. Política e educação: ensaios / Paulo Freire. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

FRIGOTO, Gaudêncio. A produtividade da escola produtiva. 4. ed. São Paulo: Cortez, 1993, p. 35-67.

MILANO, Jackson. Os desafios do ensino da ciência em pleno séc XXI. In:PAROLIN, Isabel. Sou Professor! A formação do Professor Formador. Curitiba: Ed. Positivo, 2009.

SÁCRISTAN, J. G. Poderes Instáveis em Educação. Porto Alegre: Artmed, 1999.

SCHULTZ, T. O capital humano: investimento em educação e pesquisa. Rio de Janeiro: Zahar, 1973


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n32p35-42

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2624

Total de downloads do artigo: 5711