Análise do conhecimento sobre combate a incêndio nas escolas da rede Municipal de João Pessoa

Manoella Maria Saraiva Cavalcante

Faculdade Maurício de Nassau - JP Brasil

Eduardo Albuquerque de Sá

Centro Universitário João Pessoa - UNIPE Brasil

Juliana da Costa Santos Pessoa

Centro Universitário João Pessoa - UNIPE Brasil

Carlos Danilo Miranda Regis

Instituto Federal da Paraíba - IFPB Brasil

Resumo

O Plano de Prevenção e Emergência tem o papel de identificar os riscos e procura minimizar os seus efeitos, estabelecendo cenários de acidentes para os riscos identificados. O ambiente escolar é o local que exige a prevenção de acidentes bem como o conhecimento dos procedimentos e técnicas de primeiros socorros e de situações de sinistros. Este artigo tem como objetivo sensibilizar para a necessidade de conhecer e tornar uma rotina os procedimentos de autoproteção a ser adotada por parte de professores, funcionários e alunos, em caso de acidente. Foi aplicado um questionário em 26 escolas da rede municipal de João Pessoa. O questionário tinha como objetivo estudar a percepção dos riscos de incêndio dos componentes do corpo docente e demais funcionários, em geral, em situações cotidianas no espaço escolar. Os resultados mostram que 65,4% concordam ou concorda totalmente com a proposição “as atividades cotidianas nas escolas pesquisadas estão expostas a diversos tipos de riscos e/ou perigos, inclusive os decorrentes de um incêndio”, visto que 84,6% dos funcionários demonstraram o não conhecimento sobre as classes de incêndio, confirmando a necessidade de um treinamento de prevenção e combate a incêndio. Conclui-se uma necessidade de desenvolver um plano de intervenção e emergência direcionado para as escolas da rede municipal, bem como, criar programas que auxiliem na prevenção e combate de sinistros. 

Palavras-chave


Plano de Prevenção e Emergência; Combate a incêndio; Primeiros socorros.


Texto completo:

Referências


ALVES, A. B. C. G.; CAMPOS, A. T; BRAGA, G B. Simulação computacional de incêndio aplicada ao projeto de arquitetura. Nutau: Fau Universidade de Brasília. Brasília, p. 26-34. abr. 2008.

AREOSA, J. As percepções de riscos ocupacionais no setor ferroviário. Sociologia, Problemas e Práticas. [s. L.], p. 83-107. jul. 2014. Disponível em: http://www.fcsh.unl.pt/ocv/?wpfb_dl=3. Acesso em: 01 fev. 2017.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Normas Regulamentadoras – NR26. Disponível em: http://www.mte.gov.br/legislacao/normas_regulamentadoras/nr _26geral.pdf. Acesso em: 25 de Jan. de 2017.

______. NBR 13434-1: Sinalização de segurança contra incêndio e pânico - Parte 1: Princípios de projeto. Rio de Janeiro, 2004. 11p.

______. NBR 5628: Componentes construtivos estruturais - Determinação da resistência ao fogo, 2001. 5p.

______. NBR 6118 Projeto de Estruturas de Concreto - Procedimento, 2001. 170p.

______. NBR 9077: Saídas de emergência em edifícios Rio de Janeiro, 2001. 16p.

______. Lei nº 8.213, art. 19, de 20 de Julho de 1991 Dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, DF, 2 jul. 1991 Disponível em: . Acesso em 03 jan 2017.

______. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Política nacional de redução da morbimortalidade por acidentes e violência: Secretarias de Políticas de Saúde. Saúde Pública, Brasília, v. 34, n. 4, p.427-430, ago. 2000.

______. CASA CIVIL. Lei n. 9394 de 20 de dezembro de 1996 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília (DF): 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm#:~:text=L9394&text=Estabelece%20as%20diretrizes%20e%20bases%20da%20educa%C3%A7%C3%A3o%20nacional.&text=Art.&text=2%C2%BA%20A%20educa%C3%A7%C3%A3o%2C%20dever%20da,sua%20qualifica%C3%A7%C3%A3o%20para%20o%20trabalho. Acesso em: 03 de jan 2017.

CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO. RESOLUÇÃO Nº 96/CSJT n. 96, de 23 de mar. de 2012. Dispõe sobre o Programa Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho e dá outras providências. Caderno Jurídico do Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho. Brasília, DF, v. 946, p. 12-15, mar. 2012. Disponível em: https://juslaboris.tst.jus.br/bitstream/handle/20.500.12178/21136/2012_res0096_csjt.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 10 ago. 2018.

DIAS, Thais Possenti Pinto. Prevenção Contra Incêndio em Instituição de Ensino Básico: Estudo de Caso. 2018. Monografia (Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade do Sul de Santa Catarina, Florianópolis, 2018.

DUARTE, Rui; LIMA, Paulo. Plano de Emergência Interno. 2014. Disponível em: https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/7284/1/Tese%20final%20Rui%20Duarte.pdf. Acesso em: 10 ago. 2018.

DUARTE, Dayse; LEITE, Maria do Socorro; PONTES, Rosemeri. Gerenciamento dos riscos de incêndios. Universidade Federal de Pernambuco: artigo do Programa de Pós-Graduação, Recife, p.18-24, nov. 2006.

FERREIRA, Isabel C Guimarães. O plano de emergência: sua importância: Monografia em Gestão de Empresas. Porto: Universidade Fernando Pessoa, 2007.

LIBERAL, E F; AIRES, R T; A OSÓRIO, A. Escola Segura.,Rio de Janeiro, v. 81, n. 5, p.74-82, nov. 2005. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000700005. Acesso em: 30 jun. 2016.

KLEIN, V. Proposta de roteiro de procedimentos na emergência de incêndio para escolar estaduais de ensino fundamental do Rio Grande do Sul. [Monografia] Universidade do Vale do Rio Sinos: Curso de Especialização em Pós-Graduação de Engenharia em Segurança no Trabalho. São Leopoldo, 2016. Disponível em: http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/handle/UNISINOS/6129/Vivian+Klein_.pdf?sequence=1. Acesso em 24 de março de 2019.

MARTINS, C B G; ANDRADE, S M. Epidemiologia dos Acidentes e Violências entre Menores de 15 anos em Município da Região Sul do Brasil. Revista Latino em Enfermagem, [s. L.], v. 13, n. 4, p.530-537, jul. 2005. Disponível em: www.eerp.usp.br/elae. Acesso em: 30 jun. 2016.

MORAES, Poliana Dias. Projeto de edificações visando à segurança contra incêndio. 10º Encontro Brasileiro em Madeiras e Estruturas de Madeira: EBRAMEM, São Paulo, v. 10, n. 2, p.43-49, ago. 2006.

NR, Norma Regulamentadora Ministério do Trabalho e Emprego. NR-23 - Proteção Contra Incêndios. 2011.

REIS, Roberto Salvador. Segurança e Saúde no Trabalho. São Caetano do Sul – São Paulo: Yendis, 10ª, 2012.

SCHVARTSMAN, S; WAKSMAN, R D; GIKAS, R M C. Segurança na infância e adolescência: Conceito de risco e segurança. Atheneu: Sociedade de Pediatria de São Paulo, Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente. São Paulo, p. 3-6. ago. 2003.


DOI: http://dx.doi.org/10.18265/2594-4355a2019v1n1p18-30

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 267

Total de downloads do artigo: 82