Foco e Escopo

AVISO AOS POSSÍVEIS AUTORES QUE PRETENDEM SUBMETER MANUSCRITOS A REBRAST (ABRIL/2022).

Neste momento, a Revista Brasileira de Saúde e Segurança no Trabalho (REBRAST) não está recebendo possíveis manuscritos, estando temporariamente fechada.

Lamentamos o fato e esperamos que em um futuro próximo, a REBRAST volte a funcionar, contribuindo com a sociedade na temática envolvida.

Pró-Reitoria de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação (PRPIPG) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


1. Objetivos do Periódico:

A Revista Brasileira de Saúde e Segurança no Trabalho - REBRAST, pertencente ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - IFPB, Campus Patos, tem como objetivo ser um meio de divulgação e disseminação do conhecimento, através trabalhos científicos originais (inédito e inovador), ampliando e promovendo o debate, tendo como temas as grandes áreas de Saúde e Segurança no Trabalho (SST), que tenham relevância técnico/científica. Além de artigos, destina-se também à submissão de contribuições nas modalidades de estudos de caso, revisão, comunicação, resenha e carta sendo direcionada à comunidade científica: professores, pesquisadores, estudantes e profissionais que atuem na área de SST.

 

2. Área de concentração:

A revista incluirá artigos de duas áreas:

  1. Engenharias III - Engenharia de Produção (Higiene e Segurança no Trabalho, Ergonomia); e
  2. Saúde Coletiva - Saúde Coletiva (Saúde Pública). 


3. Público-alvo:

A REBRAST é uma publicação científica dirigida a professores, pesquisadores, estudantes e profissionais que atuam e realizam estudos nas áreas de Saúde e Segurança no Trabalho e correlatas (administração, psicologia, direito, meio ambiente e educação).

 

4. Formas de apresentação dos trabalhos:

Artigo científico: é o relato completo de um trabalho experimental, empírico ou conceitual. Baseia-se na premissa de que os resultados são posteriores ao planejamento da pesquisa.

Estudo de caso: contempla principalmente trabalhos em que o resultado é anterior ao interesse de sua divulgação ou a ocorrência dos resultados não é planejada. Deve indicar uma experiência inovadora, com impactos importantes e que mostre possibilidade de reprodutibilidade.

Revisão: avaliação crítica sistematizada da literatura sobre determinado assunto, com especificação dos critérios de busca na literatura e o universo pesquisado, bem como a lacuna do conhecimento atual;

Comunicação:  é o relato sucinto de resultados parciais de pesquisas, dignos de publicação, embora insuficientes ou inconsistentes para constituírem um artigo científico;

Resenha: análise crítica sobre livro publicado nos últimos dois anos;

Carta: texto que visa a discutir artigo recente publicado na revista.


5. Normas a serem utilizadas nos artigos:

A REBRAST adota as Normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas vigentes referentes a Artigo, Referências, Resumos e Citações.

 

6. Regras de submissões dos textos:

A REBRAST, como qualquer periódico científico, não tolera qualquer forma de plágio (total, parcial ou conceitual). No caso de identificação de plágio, os autores do trabalho serão informados e o Conselho Editorial deliberará sobre as providências cabíveis.

O conteúdo e as opiniões apresentadas nos trabalhos publicados não são de responsabilidade desta revista e não representam necessariamente as opiniões da REBRAST, sendo o(s) autor(es) do artigo responsável(is) pelo conteúdo científico do mesmo.

São permitidos NO MÁXIMO 4 (QUATRO) CO-AUTORES. Para um maior número de Co-autores, será preciso encaminhar ao editor-chefe uma justificativa. Deverá ser enviada a REBRAST a concordância dos co-autores com a submissão.

O manuscrito deve ter de três a cinco descritores, assim como sua versão em inglês (descriptors).

O autor deve anexar em "documentos suplementares" na submissão do trabalho científico o documento “DECLARAÇÃO DE RESPONSABILIDADE E DE CESSÃO DE DIREITOS AUTORAIS” assinado por todos os autores, conforme modelo.

No caso de pesquisas envolvendo seres humanos e animais, também deve ser anexado em "documentos suplementares" o parecer do CEP (Comitê de Ética em Pesquisa em Seres Humanos e Comissão de Ética no Uso de Animais), sendo cadastrada na PLATAFORMA BRASIL ou equivalente.


Processo de Avaliação pelos Pares

Apreciação dos trabalhos submetidos

O processo de avaliação seguido pela revista é o de duplo cego. O Conselho Editorial indicará dois avaliadores para cada trabalho e seus eventuais substitutos, observando a pertinência temática de cada trabalho. Indicado os avaliadores dos artigos ao Conselho Científico, o Editor-Chefe enviará os trabalhos aos respectivos avaliadores.

Na excepcionalidade de um avaliador e todos os seus substitutos declinarem do convite para a avaliação de determinado trabalho, poderá o Editor-Chefe enviar o respectivo trabalho a outro avaliador, respeitada a pertinência à temática do trabalho.

Os pareceres deverão avaliar a organização do trabalho, sua pertinência temática, conteúdo e redação, atribuindo a cada trabalho uma nota em escala de 0 a 100. A nota final do artigo será a média aritmética das avaliações. 

Os trabalhos serão classificados de acordo com a seguinte escala: Aprovado sem modificações (100); Aprovado com modificações (60-99); Não aprovado (<60).

No caso de artigos cuja uma das notas for inferior a 60, este será remetido a um terceiro avaliador. O resultado final será obtido pela média aritmética dos três avaliadores.

O prazo para finalização do processo é de seis meses.

Critérios de avaliação do trabalho

Os trabalhos serão avaliados de acordo com os seguintes critérios:

  • Apresentação do artigo: clareza e coerência na escrita, uo da norma padrão da língua, referências atuais e de cunho científico, uso adequado de ilustrações, quadros e tabelas e estrutura do texto clara e adequada a um trabalho científico;
  • Contribuição da pesquisa: originalidade (Inédito, Inovador), objetivo do trabalho está claro e bem definido, mérito (Qualidade e/ou impacto da pesquisa, metodologia clara e consistentes, fundamentação teórica, resultados, discussão, conclusão coerente, clara e objetiva;
  • Aspectos gerais: tema é atual, relevante e oportuno, título apropriado, resumo adequado, abstract está adequado, palavras-chave adequadas, introdução adequada, síntese conclusiva e aponta para trabalhos futuros.

Periodicidade

Periodicidade da REBRAST:

Semestral.

Número mínimo de publicações por fascículo:

A REBRAST publicará, anualmente, um Volume com dois Números, sendo o Número 1 para o primeiro semestre e o Número 2 para o segundo semestre. Cada número contém um mínimo de 10 trabalhos e um máximo de 15.

Idiomas:

Português

 


Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 


Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

Equipe Editorial

Editor Chefe

    Prof. Dr. Daniel Augusto de Moura Pereira, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Brasil

Editores Associados

    Profa. Dra. Hanne Alves Bakke, Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Brasil
    Prof. Danilo de Medeiros Arcanjo Soares, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Brasil

Editor de Seção

    Prof. Diogo Sérgio César de Vasconcelos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE), Brasil
    Prof. Dr. Flavio Cipriano de Assis do Carmo, Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Brasil
    Profa. Karla Nayalle de Souza Rocha, Instituto Federal da Paraíba (IFPB)
    Profa. Dra. Maria Clerya Alvino Leite, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Brasil
    Ramon Evangelista dos Anjos Paiva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte
    Profa. Renata Paiva da Nóbrega Costa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), Brasil