A “arte de fazer” carne de sol em Picuí – PB: do patrimônio imaterial ao turismo gastronômico

Paulo Oliveira Nascimento

Resumo

Pensar a extensão universitária, hoje, é ir ao encontro daquilo que preconiza o artigo 207 da Constituição Federal de 1988, quando propõe uma universidade referenciada em princípios e demandas sociais e que expresse um projeto social democrático. Motivados pela busca de um entendimento desta relação entre Ensino, Pesquisa e Extensão, objetivamos, neste texto, apresentar parte dos resultados de nosso Trabalho de Conclusão de Curso – Licenciatura em História/UEPB – a respeito da “arte de fazer” carne de sol na cidade paraibana de Picuí enquanto patrimônio imaterial gastronômico, relacionando a pesquisa universitária empreendida com as possibilidades de inferência social, seja na busca pela preservação desta “arte de fazer”, seja pela possibilidade de aproveitamento turístico – numa perspectiva de turismo gastronômico – deste costume. Os resultados desta pesquisa, ora apresentados, foram obtidos a partir da metodologia de História Oral, assim como do uso de revistas e periódicos e da bibliografia sobre o tema. Disto, pudemos concluir o quanto o Ensino, a Pesquisa e a Extensão precisam estar intimamente ligadas, de modo a apontarem alternativas viáveis para a preservação do patrimônio cultural (material e imaterial) e para o aproveitamento/desenvolvimento regional – neste caso, praticando o Turismo Gastronômico - das localidades onde empreendem-se tais pesquisas.

Palavras-chave


Cultura. Patrimônio Imaterial. Gastronomia.


Texto completo:

DOI: http://dx.doi.org/10.18265/2318-23692013v1n1p86-101

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 2017

Total de downloads do artigo: 1808