Filosofia, tecnologia e tecnocracia: uma análise conceitual

José Fernando de Morais Firmino

IFPB - Campus Cajazeiras Brasil

Hegildo Holanda Gonçalves

IFPB - Campus Cajazeiras Brasil

Resumo

Este artigo faz uma reflexão sobre os conceitos de Tecnologia e de Tecnocracia, a partir da ótica filosófica. Desenvolveu-se no contexto de um projeto de pesquisa, realizado por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio – PIBIC-EM no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba – Câmpus Cajazeiras, encontrando-se em fase de conclusão. O objetivo do referido projeto é analisar e socializar discussões sobre a técnica e a tecnologia a partir de um viés filosófico. Salientase que o projeto foi desenvolvido por aluno de curso técnico integrado ao ensino médio, com o intuito de aproximação dos conceitos em questão. Optou-se pela investigação do tipo bibliográfica, a partir do diálogo com teóricos como Dusek, Lévy, Platão, entre outros. Com base na análise feita, chegou-se a alguns achados: primeiro, não se pode desconsiderar, na conceituação de técnica, características humanas, como a razão, a liberdade, a criatividade, o discernimento, a escolha e a ambição, aspectos necessários para facilitar a condição e o trabalho humano. Segundo, a técnica está amplamente ligada à tecnologia, pois aquela precede a criação desta e participa de sua utilização. E, por fim, o complexo sistema tecnocrático só pode de fato existir na presença constante das técnicas, mas compreende-se que o governante fundamentalmente tecnocrata é também, na verdade, um estudioso, um aluno. Para que tal governante exista, é necessária uma educação bem fundamentada e completa. Essa é exatamente a relação entre técnica, tecnologia e tecnocracia.

Palavras-chave


Técnica. Tecnologia. Tecnocracia. Filosofia.


Texto completo:

DOI: http://dx.doi.org/10.18265/1517-03062015v1n26p79-84

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1548

Total de downloads do artigo: 1653