Aproveitamento de efluentes em estações de tratamento de águas na agricultura familiar

Gesivaldo Jesus Alves Figueirêdo

Vera Lúcia Antunes Lima

Rayssa Barbosa Medeiros

Resumo

Considerando que a água é um recurso finito e que, em longo prazo, pode sofrer um processo de escassez, o presente trabalho mostra a necessidade de adotar tecnologias alternativas de tratamento direcionadas ao aproveitamento das águas residuárias das principais Estações de Tratamento de Águas (ETAs) do estado da Paraíba para a agricultura familiar. Mediante tratamento adequado, esses efluentes surgem como uma alternativa para diminuir a escassez hídrica que atinge o semiárido paraibano. O volume desses resíduos líquidos gerado no processo de tratamento de água é considerado expressivo e pode ser aproveitado por famílias que lidam com agricultura e residem no entorno das ETAs. O resultado dessa correlação evidencia que, quanto maior a diversidade de tratamento desses resíduos, associada ao nível de qualidade, melhor será a forma de aproveitamento e, consequentemente, maior será a contribuição para o desenvolvimento local sustentável de regiões com baixos índices pluviométricos.

Palavras-chave


Desenvolvimento Local. Sustentabilidade. Aproveitamento de Água. Tratamento de Água.


Texto completo:

DOI: http://dx.doi.org/10.18265/2318-23692014v2n2p85-89

O arquivo PDF selecionado deve ser carregado no navegador caso tenha instalado um plugin de leitura de arquivos PDF (por exemplo, uma versão atual do Adobe Acrobat Reader).

Como alternativa, pode-se baixar o arquivo PDF para o computador, de onde poderá abrí-lo com o leitor PDF de sua preferência. Para baixar o PDF, clique no link abaixo.

Caso deseje mais informações sobre como imprimir, salvar e trabalhar com PDFs, a Highwire Press oferece uma página de Perguntas Frequentes sobre PDFs bastante útil.

Visitas a este artigo: 1367

Total de downloads do artigo: 534